Dois filmes portugueses nomeados para Melhor Curta-Metragem Europeia

Filmes portugueses nomeados para premios europeus de cinema 2020

Os filmes portugueses “Past Perfect“, de Jorge Jácome, e “Tio Tomás, A Contabilidade dos Dias“, de Regina Pessoa, fazem parte dos cinco nomeados para a categoria de Melhor Curta-Metragem Europeia.

As produções nacionais vão competir com a curta suiça “All Cats Are Grey in the Dark”, de Lasse Linder, a francesa “Genius Loci”, de Adrien Mérigeau, e “Sun Dog”, uma coprodução entre a Bélgica e Rússia realizado por Dorian Jespers.

“Tio Tomás, A Contabilidade dos Dias”, uma coprodução entre Portugal, França e Canadá, que foi distribuída e promovida pela Agência da Curta Metragem, tem vindo a acumular vários prémios internacionais desde a sua estreia, nomeadamente o prémio especial do júri do Festival de Cinema de Annecy, em França, no festival Animamundi, no Brasil, e no Caminhos do Cinema Português, em Coimbra, obtidos no ano passado, aos quais se junta o prémio de Melhor Curta-Metragem dos prémios Annie, os “Óscares” da animação, em janeiro deste ano.

Depois da estreia mundial no Festival de Berlim, na competição Berlinale Shorts, “Past Perfect” venceu o prémio principal do Festival de Curtas Metragens de Hamburgo. Com 29 minutos de duração, o filme do realizador vianense é representado pela Portugal Film – Agência Internacional de Cinema Português.

Os vencedores serão conhecidos na 33ª edição dos European Film Awards (Prémios do Cinema Europeu), numa cerimónia virtual no dia 10 de dezembro.

Conheça os nomeados em todas as categorias:

MELHOR FILME
– “Another Round”,
– “Berlin Alexanderplatz”
– “Corpus Christi – A Redenção”
– “Martin Eden”
– “The Painted Bird”
– “Undine”

MELHOR COMÉDIA
– “Ventajas de Viajar en Tren”
– “Ladies of Steel”
– “The Big Hit”

DESCOBERTA – PRÉMIO FIPRESCI
– “Full Moon”
– “Gagarine”
– “Instinct”
– “Isaac”
– “Jumbo”
– “Sole”

MELHOR DOCUMENTÁRIO
– “Acasa, My Home”
– “Collective”
– “Gunda”
– “Little Girl”
– “Saudi Runway”
– “The Cave”

MELHOR ANIMAÇÃO
– “Calamity”
– “Josep”
– “Klaus”
– “The Nose or The Conspiracy of the Mavericks”

MELHOR CURTA-METRAGEM
– “All Cats Are Grey in the Dark”
– “Genius Loci”
– “Past Perfect”
– “Sun Dog”
– 2Tio Tomás, A Contabilidade dos Dias”

MELHOR REALIZADOR
– Thomas Vinterberg (Another Round)
– Agnieszka Holland (Charlatan)
– Jan Komasa (Corpus Christi – A Redenção)
– Maria Sødahl (Hope)
– Pietro Marcello (Martin Eden)
– François Ozon (Verão de 85)

MELHOR ATRIZ
– Ane Dahl Torp (Charter)
– Natasha Berezhnaya (Dau. Natasha)
– Andrea Bræin Hovig (Hope)
– Marta Nieto (Mother)
– Nina Hoss (My Little Sister)
– Paula Beer (Undine)

MELHOR ATOR
– Mads Mikkelsen (Another Round)
– Bartosz Bielenia (Corpus Christi – A Redenção)
– Viggo Mortensen (Falling)
– Goran Bogdan (Father)
– Elio Germano (Hidden Away)
– Luca Marinelli (Martin Eden)

MELHOR ARGUMENTISTA
– Costa-Gavras (Comportem-se Como Adultos)
– Thomas Vinterberg, Tobias Lindholm (Another Round)
– Damiano D’Innocenzo, Fabio D’Innocenzo (Bad Tales)
– Martin Behnke, Burhan Qurbani (Berlin Alexanderplatz)
– Mateusz Pacewicz (Corpus Christi – A Redenção)
– Pietro Marcello, Maurizio Braucci (Martin Eden)

Artigos relacionados

Contribua com a sua opinião!

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *