“Dr. Pimple Popper: Where Are They Now?”: A dermatologista está de volta ao TLC

Dr. Pimple Popper volta ao TLC em setembro

A dermatologista Dra. Sandra Lee, também conhecida como Dra. Pimple Popper, está de volta ao ecrã do TLC Portugal com a edição especial da série “Dr. Pimple Popper: Where Are They Now?“, que tem estreia anunciada para o dia 4 de setembro, às 19:00h.

Especialista em diagnosticar e remover misteriosos nódulos e quistos da pele dos seus pacientes, ajudando-os assim a ter uma melhor qualidade de vida, nesta série vamos acompanhar o pós-cirurgia e compreender o impacto que a mesma poderá ter nas suas vidas. Como é que será que se estão a sair depois do tratamento?

Lee nunca sabe quem lhe irá entrar pela porta do consultório e o que terá de fazer para ajudar essa pessoa a tratar os seus problemas de pele. Mas uma coisa é certa: tem de ver para crer. As pessoas que a dermatologista Dra. Pimple Popper trata não têm apenas condições físicas muito complicadas, mas sofrem também de complexos psicológicos profundos, devido ao seu aspeto. O que significa para vida dos seus pacientes se Dra. Pimple Popper conseguir remover estas imperfeições da pele?

Apresentando imagens especiais e inéditas, esta edição especial “Dr. Pimple Popper: Where Are They Now?”, seguiremos o percurso que os seus doentes têm de fazer após a cirurgia e percebemos como Dra. Sandra Lee impactou profundamente as suas vidas. Os espetadores vão também ficar a saber em que estado estão os antigos pacientes da Dra. Pimple Popper e se as condições que trataram regressaram.

Por exemplo, a jovem Taylore, de 17 anos, tem dois queloides nas orelhas que Dra. Lee removeu. Mas Taylore sabe que este tipo de cicatriz pode voltar a crescer e reincidir se não forem removidos adequadamente. Muitas das vezes voltam até maiores. Como será o futuro desta jovem, que sonha entrar no mundo da moda um dia?

Esta situação e muitas outras podem ser vistas em “Dr. Pimple Popper: Where Are They Now?”, no TLC, a partir de sexta-feira, dia 4 de setembro.

Artigos relacionados

Contribua com a sua opinião!

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *