“Dune Duna: Parte 2”: Greves adiam estreia da sequela de Denis Villeneuve para 2024

Foram confirmados os rumores que surgiram durante as última semanas. A estreia da sequela “Dune Duna: Parte 2“, de Denis Villeneuve, que estava programada para o dia 1 de novembro (em Portugal) foi adiada para 14 de março de 2024.

As greves dos sindicatos de argumentistas (WGA) e actores (SAG-AFTRA) influenciaram a decisão da Warner Bros. Pictures, uma vez que os principais atores, Timothée Chalamet, Zendaya, Florence Pugh e Austin Butler, não poderiam participar nas ações de promoção do filme, o que poderia afetar as arrecadações nas bilheteiras.

Este adiamento também originou as mudanças das datas de estreia e outras grandes produções do estúdio. “Godzilla x Kong: The New Empire” que estava agendado para a nova data da sequela, será agora lançado no dia 12 de abril, dia da animação “Lord of the Rings: The War of Rohirrim“, que só chegará aos cinemas a 13 de dezembro.

Foto/Divulgação: © 2023 Warner Bros.

Para já, o estúdio decidiu manter as estreia de “Wonka“, prevista para 14 de dezembro, “Aquaman and the Lost Kingdom” (21 de dezembro) e “A Cor Púrpura“, que estreia nos EUA no dia 25 de dezembro e nos cinemas portugueses está previsto para 25 de janeiro do próximo ano.

“Dune Duna: Parte 2” acompanha a jornada mítica de Paul Atreides (Chalamet) enquanto se une a Chani e aos Fremen numa guerra de vingança contra os conspiradores que destruíram a sua família. Enfrentando uma escolha entre o amor da sua vida e o destino do universo conhecido, ele terá de esforçar-se para evitar um futuro terrível que só ele pode prever.

Quer ficar a par de todas as novidades de cinema e televisão? Siga-nos nas redes sociais e não se esqueça de deixar um “like”!

Estamos no Facebook, Instagram, Twitter e no Google Notícias. Pode ainda assistir aos trailers legendados no Youtube.

Artigos relacionados