Emerald Fennell será a responsável pelo argumento do filme a solo de “Zatanna”

Emerald Fennell vai escrever o filme live-action de Zatanna

Segundo a Variety, Emerald Fennell, argumentista e realizadora de “Uma Miúda com Potencial” (Promising Young Woman), filme que está nomeado em três categorias dos Óscares, será a responsável por escrever o guião do filme sobre sobre Zatanna Zatara, personagem da DC Comic, que marcará a sua primeira aparição no grande ecrã.

Apesar da personagem ter aparecido com mais frequência em séries animadas, tais como “Justice League Dark“, ‘Batman: The Animated Series”, “Justice League Unlimited” ou nas mais recentes “DC Super Hero Girls” e “Harley Quinn”, Zatana já foi retratada em carne e osso no pequeno ecrã na série da DC “Smallville”, então interpretada por Serinda Swan.

Criada por Gardner Fox e Murphy Anderson, Zatanna fez a primeira aparição na banda desenhada em “Hawkman #4”, em 1964. Ela é filha do poderoso mágico John Zatara e da feiticeira Sindella, que faziam parte do culto Homo Magi. Zatanna decidiu seguir a carreira do pai, de quem herdou os seus poderes mágicos, como poder ler mentes, hipnotizar pessoas, alterar a realidade, controlar energia, criar campos de força e manipular os elementos da natureza.

Exímia ilusionista e feiticeira poderosa, Zatanna também tem o poder de conjurar encantamentos, maldições e magia. Em homenagem ao seu pai, normalmente realiza as suas magias pronunciando frases ou palavras ao contrário.

Este projeto da Warner Bros. Pictures, DC Films e da Bad Robot, produtora de J.J. Abrams, está programado para ser lançado nos cinemas, apesar de ainda não ter sido anunciada qualquer data. Também não qualquer informação sobre a atriz que irá desempenhar o papel no filme que, para além de “Mulher Maravilha” e a sequela, será a segunda heroína a liderar o elenco de um filme da DC.

A notícia do envolvimento de Emerald Fennell surge um dia depois da cineasta ter vencido o prémio de Melhor Argumento Original dos WGA Awards, prémios atribuídos pelo Sindicato de Argumentistas dos EUA, que coloca o filme na corrida pela estatueta dourada nesta categoria na próxima edição dos Óscares, onde também concorre para Melhor Filme, Melhor Realização, Melhor Atriz Secundário (Carey Mulligan) e Melhor Montagem.

Artigos relacionados