Emily Blunt em negociações para protagonizar a adaptação de “Not Fade Away”

Emily Blunt pode protagonizar o filme Not Fade Away

Segundo o Deadline, Emily Blunt (O Regresso de Mary Poppins) em negociações para protagonizar a adaptação ao grande ecrã de “Not Fade Away”, um projeto da Annapurna Pictures que tem David O. Russell e John Krasinski anexados como produtores.

O filme é baseado no livro de memórias de Rebecca Alexander, intitulado “Not Fade Away: : A Memoir of Senses Lost and Found” e publicado em 2015. Rebecca nasceu com uma mutação genética rara chamada Síndrome de Usher tipo III, que a fez perder a visão e a audição desde criança, com o diagnóstico de que provavelmente seria completamente cega e surda aos 30 anos.

Perante o devastador prognóstico, Rebecca recusou-se a perder o impulso, o gosto pela vida e, talvez o mais importante, o seu senso de humor, e, contra todas as expetativas, foi superando cada desafio que enfrentou. Hoje, aos 35 anos, com a visão e audição significativamente deteriorada, é uma psicoterapeuta com dois mestrados da Universidade de Columbia, além de competir regularmente em corridas de extrema resistência.

O guião está a ser escrito por Lindsey Ferrentino, mas segundo a publicação, nem Russell, nem Krasinski, estão com ideias de assumir a realização do filme.

Blunt, que foi vista no sucesso de terror “Um Lugar Silencioso“, repetirá o seu papel na sequela anunciada para 2020, voltando a trabalhar com Krasinski, que desta vez apenas assumirá os cargos de argumentista e realizador.

Artigos relacionados