“Era Uma Vez… em Hollywood” é a melhor estreia da carreira de Quentin Tarantino

Era Uma Vez em Hollywood a melhor estreia da carreira de Quentin Tarantino

Era Uma Vez… em Hollywood“, o novo filme de Quentin Tarantino estreou nos EUA na passada sexta-feira, 26 de julho, e durante o fim de semana arrecadou US$ 40,4 milhões, um valor que representa a melhor estreia na sua carreira, superando “Sacanas Sem Lei”, que em 2009 obteve nas bilheteiras US$ 38 milhões, sem ajuste à inflação.

A receita do filme da Sony Pictures superou as previsões conservadoras do estúdio que apontavam para os 30 milhões, enquanto que outros analistas projetaram uma abertura na faixa dos 40/50 milhões. Com a exibição em 3.659 salas de cinema, o filme tornou-se também a maior distribuição de todos os tempos de Tarantino.

Como esperado, o filme com Leonardo DiCaprio e Brad Pitt ficou em segundo lugar, atrás do remake live-action de “O Rei Leão“, da Disney, que está a poucos dias de ultrapassar a marca de mil milhões de dólares, uma fasquia já alcançada por quatro filmes: “Aladdin“, “Homem-Aranha: Longe de Casa“, “Captain Marvel (Capitão Marvel)” e o líder mundial “Vingadores: Endgame“.

O filme foi produzido com um orçamento de US$ 90 milhões, sem despesas de markting, o mais caro de sempre de Tarantino e também o primeiro que não fez para Harvey Weinstein. No entanto e apesar das boas críticas, será necessário um forte poder de permanência para ser considerado um sucesso. De acordo com o The Hollywood Reporter, vão ser precisos mais de 375 milhões a nível mundial para que a Sony comece a obter lucros.

O nono filme de Tarantino só estreia em Portugal a 15 de agosto, uma data em que estará disponível de forma mais abrangente nos mercados internacionais e já com duas semanas de exibição nos EUA, sendo então possível avaliar se irá bater o recorde de “Django Libertado“, que em 2012 abriu com US$ 30,1 milhões e alcançou os US$ 425,3 milhões, sendo o maior sucesso do cineasta.

No terceiro lugar do top 5 do ranking de fim de semana norte-americano aparece mais um filme da Sony, “Homem-Aranha: Longe de Casa”, seguindo-se a animação “Toy Story 4“, também prevista para alcançar sucesso, e a fechar o thriller de terror “Rastejantes“.

Artigos relacionados