“Especial Clássicos: Fernando Lopes”: Filmes do realizador português nos Canais TVCine

Especial Clássicos Fernando Lopes no TVCine Edition

O realizador português Fernando Lopes (1935-2012), um dos grandes cineastas nacionais e um dos principais contribuintes para o Movimento do Cinema Novo Português, é homenageado nos Canais TVCine como o “Especial Clássicos: Fernando Lopes”, que será emitido todos os sábados, às 22:00h, de 5 de junho a 3 de julho, em exclusivo no TVCine Edition.

Para além de realizador, Fernando Lopes destacou-se também como argumentista, produtor, ator e editor, tendo sido considerado, inclusivamente, um dos melhores editores portugueses de todos os tempos. A sua natureza levava-o a entregar-se de ‘alma e coração’ a tudo o que fazia, e Alberto Seixas Santos, seu colega de profissão, definiu-o apenas numa palavra: generoso.

O especial revisita 5 obras do realizador, que apesar de contemporâneo atingiu também o estatuto de clássico:

5 junho – “Belarmino”

Uma história de solidão, medo e derrota. Belarmino é um Inesquecível documentário do cineasta Fernando Lopes e uma das obras-chave do cinema novo português. O filme retrata o antigo campeão de boxe Belarmino Fragoso e a sua irónica trajetória da miséria à fama e da fama de volta à miséria.

12 junho – “Uma Abelha Na Chuva”

A história de Maria dos Prazeres e Álvaro Silvestre, casados e que vivem no meio rural. A sua relação está longe de ser um modelo de felicidade. Entre recalcamentos, compromissos e omissões, os dois conseguem manter uma ilusão de unidade, que se irá desfazer perante conflitos, desejos, paixões e fraquezas que vão surgir. Do elenco fazem parte Ruy Furtado, Laura Soveral, João Guedes, Zita Duarte e Carlos Ferreiro.

19 junho – “Matar Saudades”

Um homem de 47 anos que imigrou ilegalmente para França, regressa a aldeia e depara-se com tudo aquilo que mudou após a sua partida, incluindo a noiva que está envolvida com outro homem. É então que planeia o homicídio do amante da sua ex-noiva. Um filme com Teresa Madruga, Rogério Samora, Pedro Efe, Alexandre De Sousa e Eunice Muñoz.

26 junho – “O Delfim”

Portugal, finais dos anos 60. Tomás Palma Bravo é um homem rico e poderoso, que desaparece sem deixar rasto. Já a sua mulher aparece a boiar na lagoa da Herdade e o criado negro é encontrado morto em cima da cama do patrão. Um drama protagonizado por Alexandra Lencastre, Isabel Ruth, Rogério Samora, Rui Morrison e Milton Lopes.

3 julho – “Lá Fora”

Laura é jornalista na televisão. José Maria é corretor da bolsa. Há algum tempo que ele a vigia à distância, no condomínio fechado onde ambos vivem. Um encontro na piscina do condomínio poderá decidir esta relação. Na impossibilidade de uma entrega romântica, alguém vai sair derrotado do jogo que ambos puseram em movimento. E o preço a pagar poderá ser fatal. Com interpretações de Alexandra Lencastre, Maria João Abreu, Ana Zanatti e Rogério Samora.

Artigos relacionados