“Especial Clássicos: Jerry Lewis”: Aos sábados no TVCine Edition

Especial Clássicos: Jerry Lewis no TVCine Edition

Joseph Levitch (1926-2017), conhecido em todo o mundo pelo nome artístico Jerry Lewis, é a figura em destaque no primeiro Especial Clássico de 2021 dos Canais TVCine.

Aos sábados, de 16 de janeiro a 6 de fevereiro, a partir das 22:00h, o TVCine Edition exibe quatro icónicos filmes do cantor, argumentista, produtor, realizador e ator norte-americano, que evidenciou-se na arte de fazer rir em meados da década de 40 e ainda hoje a sua obra continua a arrancar grandes gargalhadas.

Conheça a programação completa deste ciclo de homenagem ao “Rei da Comédia”:

16 janeiro: “O Estoira-Vergas” (1951)

Nesta quinta longa-metragem de Lewis, acompanhamos o ator de Vaudeville, Bill Miller (Dean Martin), cuja carreira a solo está a ser um fracasso e que precisa de um parceiro para o fazer voltar às luzes da ribalta. A sua comédia musical começa a ter sucesso graças à participação de Ted Rogers (Lewis), o seu novo ator secundário.

23 janeiro: “Artistas e Modelos” (1955)

Com Shirley Maclaine, Eva Gabor e Dorothy Malone no elenco, a dupla Lewis e Martin volta a fazer parceria nesta comédia, o primeiro como Eugene e o segundo como Rick, dois artistas que partilham o mesmo apartamento. Eugene é obcecado com ficção policial e tem pesadelos por causa disso. Rick sente-se incomodado, mas vê nos pesadelos um enorme potencial artístico para a sua obra.

30 janeiro: “Capitão Sem Barco” (1959)

John Paul Steckler (Lewis) acabou de casar-se com a bela Prudence Trabert (Diana Spencer). A felicidade não dura muito. John passa a ser um oficial da Marinha e foi responsável por levar o navio torpedeiro USS Kornblatt para os EUA logo após o fim da Segunda Guerra Mundial. Anos depois, Steckler não se lembra onde deixou o navio. Agora tem dez dias para encontrá-lo ou pagar por isso.

6 fevereiro: “Jerry no Grande Hotel” (1960)

Este especial termina com o primeiro filme de Jerry Lewis na cadeira da realização e o segundo depois de separar-se de Dean Martin. Um filme “sem história” mas com um resultado obviamente hilariante. O “Rei da Comédia” interpreta Stanley, um mensageiro mudo que trabalha no luxuoso Hotel Fontainebleau, em Miami Beach, Flórida. Apesar de ser um funcionário amigável e prestável, o atrapalhado Stanley envolve-se constantemente em confusões por causa dos seus erros.

Artigos relacionados