“Especial Clássicos: Sophia Loren”: Aos sábados no TVCine Edition

Especial Clássicos: Sophia Loren no TVCine Emotion

A carreira da atriz italiana Sofia Villani Scicolone, mais conhecida pelo seu nome artístico Sophia Loren, vai ser celebrada nos canais TVCine com o “Especial Clássicos: Sophia Loren”. Aos sábados, de 10 a 31 de outubro, pelas 22:00 horas, no TVCine Edition, pode ver ou rever quatro das suas mais icónicas interpretações.

Dona de um talento, estilo e beleza incomparáveis, Sophia Loren, foi descoberta para o mundo do cinema quando concorreu para Miss Itália aos 14 anos. Passou rapidamente do estatuto de sex symbol para o de atriz conceituada e consagrada, e após ter participado em mais de 30 filmes em Itália, estreia em Hollywood com “Orgulho e Paixão”, ao lado de Frank Sinatra.

A década de 60 confirmou o seu estatuto de estrela, tornando-se a primeira mulher a receber o Óscar de Melhor Atriz num filme estrangeiro, em 1962. Em 1991 voltaria a ser distinguida com um prémio honorário da Academia, sendo declarada um tesouro do cinema mundial. Apaixonada e autêntica, Loren marcou para sempre o cinema mundial como uma das últimas atrizes da Era Dourada, tornando-se imortal.

Atualmente com 86 anos, o mito vivo do cinema continua em atividade, e ainda este ano, na Netflix, poderá ser vista como protagonista de “The Life Ahead” (La Vita Davanti a Sé, título original), do realizador Edoardo Ponti.

Para além de ser uma das mulheres e estrelas de cinema mais famosa do mundo, Loren também é uma ativista apaixonada. Foi nomeada Embaixadora da Boa Vontade do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados, em 1992.

Conheça os filmes que vão ser exibidos no “Especial Clássicos: Sophia Loren”:

10 de outubro – “A Orquídea Negra” (1958)

Neste drama de 1958, Sophia Loren interpreta Rose Bianco, uma viúva que aceita casar-se com um homem também viúvo, mas a filha dele opõe-se ao casamento e faz de tudo para que este não se realize.

17 de outubro – “Começou em Nápoles” (1960)

Michael Hamilton (Clark Gable), um advogado de Filadélfia, viaja até Itália para reunir os bens do seu falecido irmão. Ao chegar, depara-se com um herdeiro de 10 anos pronto a reclamar o que é seu. Não demora muito até o rapaz se ver num braço-de-ferro pela sua custódia, entre o advogado que veio de longe e a decidida tia Lucia Curcio(Loren) com quem está à guarda. Começou em Nápoles… será que vai acabar em amor?

24 de outubro – “Agarrem essa Loira” (1960)

Finais do séc. XIX. Uma companhia itinerante põe as cidades em polvorosa, não só com as peças que apresenta como também com as confusões que arranja com os locais. Desesperados à procura de um repertório que mantenha as suas audiências mais interessadas, os chefes do grupo,Angela Rossini (Sophia Loren) e Tom Healy (Anthony Quinn) decidem recorrer à letra ao que se chama “oeste selvagem”, com as suas cómicas desventuras.

31 de outubro – “Escândalo na Corte” (1960)

A bela Sophia Loren interpreta a princesa austríaca Olympia que, apesar de exilada da propriedade da família por “escandalosas indiscrições”, despreza o desejo da mãe de casar com um príncipe. Em vez disso, deita as suas atenções para com o eleganteCharlie Foster (John Gavin), um engenheiro de minas americano de visita que também conseguiu a aprovação do pai dela (Maurice Chevalier).

Artigos relacionados

Contribua com a sua opinião!

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *