“Especial Documentários: Mundo Em Mudança”: Em outubro nos Canais TVCine

Especial Documentários: Mundo Em Mudança nos Canais TVCine

Os Canais TVCine apresentam durante o mês de outubro, o “Especial Documentários: Mundo Em Mudança“, um conjunto de filmes que convidam à reflexão sobre alguns dos temas mais urgentes dos nossos tempos, da crise ambiental à luta pelos direitos humanos.

A programação especial é exibida em exclusivo no TVCine Edition todas as sexta-feiras, às 22:00h, e arranca já no dia 1 de outubro com “O Fim da Carne“, um documentário que explora o impacto oculto do consumo de carne e os benefícios da transição para uma dieta mais compassiva, prosseguindo com “Nocturno“, um retrato íntimo da vida em contexto de guerra do realizador de “Fogo no Mar”.

Pode ainda ver “Colectiv – Um Caso de Corrupção“, nomeado para os Óscares de 2021 nas categorias de Melhor Documentário e Melhor Filme Internacional, que expõe um enorme esquema de fraude no sistema nacional de saúde romeno, e ainda “Já!“, filme que segue a geração de ativistas ambientais liderada por Greta Thunberg na sua luta contra a destruição do Planeta. O especial termina com “John Lewis: Good Trouble“, um documentário inédito em Portugal sobre a vida do histórico congressista americano e a sua luta pelos direitos civis nos Estados Unidos.

Saiba mais sobre os filmes deste “Especial Documentários: Mundo em Mudança”, que após a sua estreia ficarão disponíveis no serviço de vídeo on-demand TVCine+.

1 outubro – “O Fim da Carne”

O documentário revela o impacto oculto do consumo de carne, explora as oportunidades e benefícios de uma mudança para uma dieta mais compassiva, e levanta questões críticas sobre o futuro papel dos animais na nossa sociedade. O realizador Marc Pierschel embarca numa viagem para descobrir que efeito teria um mundo pós-carne sobre o ambiente, os animais e nós próprios: conhece Esther, o Porco Maravilha, que se tornou num fenómeno da Internet; fala com pioneiros que lideram o movimento vegan na Alemanha; visita a primeira cidade totalmente vegetariana na Índia; testemunha animais de quinta resgatados a desfrutar da sua nova liberdade; e observa novos desenvolvimentos na indústria alimentar que permitem fazer carne e queijo sem animais e até mesmo colher “bacon” do oceano.

8 outubro – “Nocturno”

Filmado durante três anos no Médio Oriente, “Nocturno” faz um retrato íntimo dos que vivem em zonas de constantes guerras civis, ditaduras sangrentas, invasões e interferências externas. O realizador Gianfranco Rosi dá voz às diferentes histórias que atravessam divisões geográficas e estão unidas pela violência e destruição em que vivem e cuja humanidade acorda diariamente de um “nocturno” que parece não ter fim. Um filme luminoso feito da matéria negra da história.

15 outubro – “Colectiv – Um Caso de Corrupção”

Na sequência de um trágico incêndio numa discoteca romena, vítimas de queimaduras começam a morrer nos hospitais devido a feridas que inicialmente não as colocavam em perigo de vida. Uma equipa de jornalistas de investigação intervém para expor a corrupção em massa no sistema de saúde e noutras instituições estatais. Acompanhando jornalistas, denunciantes e funcionários governamentais, o filme de Alexander Nanaus é uma análise imersiva e intransigente do preço da corrupção e do preço da verdade.

22 outubro – “Já!”

“Se vocês falharem, nunca vos perdoaremos!” Furiosa, a geração de jovens ativistas ambientais apela aos adultos por sensatez e faz de 2019 o ano do seu movimento. A razão: o futuro está sob ameaça do aquecimento global. A estudante sueca Greta Thunberg tornou-se a líder do movimento que abalou o grande público com ações de desobediência civil, protestos e manifestações. O realizador Jim Rakete fala com alguns destes jovens ativistas sobre o que os motiva. Figuras públicas como a lenda do rock Patti Smith e o cineasta Wim Wenders demonstram o seu apoio.

29 outubro – “John Lewis: Good Trouble”

A realizadora Dawn Porter faz um relato íntimo da vida do lendário congressista americano John Lewis, explorando um legado de mais de 60 anos de ativismo, que começou enquanto adolescente corajoso na linha da frente do movimento dos Direitos Civis e continuou ao longo da sua extraordinária carreira legislativa. Depois de Lewis ter solicitado a Martin Luther King que o ajudasse a integrar uma escola segregada na sua cidade natal de Troy, Alabama, Lewis tornou-se um dos seus aliados mais próximos. Organizou Freedom Rides que o deixaram ferido ou preso, e esteve na linha da frente nas marchas históricas de Washington e Selma. Nunca perdeu o espírito do “rapaz de Troy” e apelou aos seus compatriotas americanos para se meterem em “bons problemas” até à sua morte a 17 de julho de 2020.

Quer ficar a par de todas as novidades de cinema e televisão? Siga-nos nas redes sociais e não se esqueça de deixar um “like”!

Estamos no Facebook, Instagram, Twitter e no Google Notícias. Pode ainda assistir aos trailers legendados no Youtube.

Artigos relacionados