“Estados Unidos vs. Billie Holiday”: Drama biográfico estreia a 20 de maio

Estreia do filme Estados Unidos vs. Billie Holiday

A história da vida de Eleanora Fagan Gough, conhecida pelo nome artístico Billie Holiday (1915-1959), é contada no drama biográfico musical “Estados Unidos vs. Billie Holiday” (The United States vs. Billie Holiday), um filme do realizador Lee Daniels, que estreia nos cinemas nacionais na próxima quinta-feira, 20 de maio.

Considerada pelos críticos de música como uma das maiores e melhores cantoras de jazz da história, ao lado de grandes nomes do género como Ella Fitzgerald, Sarah Vaughan e Dinah Washington, a cantora e compositora norte-americana é retratada no grande ecrã pela atriz Andra Day, num elenco que também inclui Leslie Jordan, Miss Lawrence, Natasha Lyonne e Trevante Rhodes.

No filme, em plena era de segregação racial nos EUA, Billie Holiday era uma artista de sucesso no mundo do jazz. Contudo, a infância traumática e os obstáculos que enfrentou cedo a conduziram ao alcoolismo e à dependência da heroína. Em 1937, o Senado recusa aprovar um projeto de lei para proibir o linchamento de afro-americanos.

Em resposta, Billie Holiday começa a incluir no seu reportório a canção “Strange Fruit”, escrita por Abel Meeropol, que compara os negros enforcados aos frutos das árvores do Sul. Esse facto e a criminalização do uso estupefacientes levaram Holiday a ser um dos primeiros alvos do Departamento Federal de Narcóticos no que seria a desastrosa “guerra às drogas” levada a cabo nos EUA durante décadas.

Assista ao trailer legendado

Artigos relacionados