FantasPorto 2015: Programa Extreme Horror de 24 a 26 de fevereiro

Extreme Horror é um recente programa, que antecede a abertura oficial do FantasPorto, que vai decorrer entre os dias 24 e 26 de fevereiro, com filmes de arrepiantes, mesmo para os mais experientes amantes de filmes de terror.

As exibições são no Grande Auditório do Teatro Municipal Rivoli, no Porto, mediante a seguinte cronologia:

Terça-feira, 24 de fevereiro

21:30 h – ‘Asmodexia‘ de Marc Carreté (2014), 1h 21m, Espanha
Cinco dias na vida de um exorcista (Eloy Palma) e sua filha (Alba). Uma infecção da alma que está a alastrar, sobretudo nos membros mais fracos da sociedade: crianças, doentes mentais e drogados. Cada exorcismo é mais difícil que o anterior.

23:00 h – ‘Beautiful People‘ de Brini Amerigo (2014), 1h 15m, Itália
Numa mansão numa floresta, a vida pacífica e rotineira de um médico e investigador científico é perturbada por um ataque de três homens mascarados. Durante uma interminável noite de terror e violência, o impensável acontece: a casa é invadida por monstros inumanos. Quem é o verdadeiro monstro.

Quarta-feira, 25 de fevereiro

21:30 h – ‘Hunger Z‘ de Naoto Tsukiashi (2014), 1h 14m, Japão
Num futuro próximo, o mundo está cheio de zombies. A raça humana está à beira da extinção e o relógio não pára para os que ainda estão vivos.

23:00 h – ‘The Dead 2: Índia‘ de Howard J. Ford e Jonathan Ford (2013) 1h 38m, Reino Unido
Uma terrível epidemia assola a Índia vinda de África. Um engenheiro mecânico americano é informado que a sua namorada grávida está presa perto dos bairros de lata de Mumbai (Bombaim). Para a salvar terá que enfrentar todos os perigos.

Quinta-feira, 26 de Fevereiro

21:30 h – ‘Lost After Dark’ de Ian Kessner (2014), 1h 28m, Canadá
Um grupo de teenagers que se preparam para uma festa perdem-se no caminho quando o carro que os transporta avaria. Acabam por cair na mira de um assassino canibal.

23:00 h – ‘México Bárbaro‘ de Isaac Ezban, Laurette Flores Bornn, Jorge Miguel Grau, Ulises Guzman, Edgar Nito, Lex Ortega, Gigi Saul Guerrero, Aaron Soto (2014), 1h 53m, México
Oito segmentos, oito diferentes visões, muito particulares, de oito realizadores sobre o tema genérico ‘México Bárbaro’. O México sempre foi bárbaro, desde os seus antepassados e os seus sacrifícios humanos até à barbárie dos dias de hoje. Este filme é um adaptação pela voz de diferentes realizadores, de lendas tradicionais da cultura popular mexicana.

Artigos relacionados