“Fatherhood”: Kevin Hart mostrará os seus dotes dramáticos no novo filme de Paul Weitz

Kevin Hart vai protagonizar o drama Fatherhood

Kevin Hart (Novos Amigos Improváveis) não irá apresentar a cerimónia dos Óscares, mas pelos vistos, a sua carreira cinematográfica continua a crescer. Depois de ter sido contratado há três dias para estrelar a adaptação de “Monopoly”, o ator já foi confirmado para um novo projeto, no qual mostrará os seus dotes dramáticos.

Segundo o Deadline, Hart vai integrar o elenco de “Fatherhood”, o próximo filme de Paul Weitz (Bel Canto), uma adaptação ao grande ecrã do livro de memórias de Matthew Logelin, “Two Kisses For Maddy: A Memoir Of Loss & Love”, uma história baseada em factos reais.

O livro de Matthew conta o seu namoro com Liz desde os tempos da escola secundária e a mudança para Los Angeles após o casamento, onde partilharam momentos de felicidade, principalmente quando descobriram que que Liz estava grávida e uma filha a caminho.

Logo após o nascimento de Madeline, a tragédia aconteceu: Liz sofreu uma embolia pulmonar e morreu instantaneamente, mesmo antes de segurar a filha. E de repente, Matthew tornou-se no zelador da bebé recém-nascida, o único vínculo com a sua amada esposa.

“Quando comecei a ler este guião, fui imediatamente tocado e levado às lágrimas”, disse Hart num comunicado. O ator, que também está anexado como produtor, tem intenções de começar a filmar este projeto logo que termine o seu trabalho na sequela de “Jumanji: Bem-Vindos à Selva“.

O projeto da Sony Pictures foi anunciado em 2015, quando o site The Tracking Board anunciou que Channing Tatum estava associado como produtor. Agora ressuscitado, o estúdio irá fazer uma pesquisa nacional para encontrar uma jovem atriz para interpretar Maddy.

Artigos relacionados