Festival de Cannes 2020: Júri vai ser presidido por Spike Lee

Spike Lee juri do Festival de Cannes 2020

O realizador norte-americano Spike Lee foi esta terça-feira (14) anunciado como presidente do júri da 73ª edição do Festival de Cannes, o prestigiado evento francês que este ano vai decorrer entre os dias 12 e 23 de maio. Os restantes membro do júri serão conhecidos em meados de abril.

Numa declaração enviada à organização, o cineasta de 62 anos referiu que ao longo da sua vida “as as coisas que me deixam feliz chegam-me sempre de forma inesperada”, acrescentando que ficou “chocado, feliz, surpreso e orgulhoso ao mesmo tempo por me terem convidado a presidir ao júri do maior festival e cinema do mundo”. Lee declarou sentir-se “honrado por ser a primeira pessoa da diáspora africana” nos Estados Unidos a assumir o importante cargo.

Spike Lee sucede a Alejandro Gonzaléz Iñárritu, que se tornou o primeiro mexicano a exercer o cargo e que atribuiu a Palma de Ouro da edição de 2019 a “Parasitas“, o aclamado filme do sul-coreano Bong Joon-Ho, que recebeu recentemente seis nomeações aos Óscares, incluindo Melhor Filme, Realização e Melhor Filme Internacional.

Desta vez numa posição de prestígio, Lee regressa a um dos eventos onde já apresentou vários dos seus filmes, tendo sido distinguido em 2018 com o Grande Prémio do júri, com o filme “BlacKkKlansman: O Infiltrado“.

Artigos relacionados

Contribua com a sua opinião!

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *