Filmes de Harry Potter vão deixar de fazer parte do catálogo da HBO Max

Há más notícias para os fãs de Harry Potter que sejam subscritores da HBO Max, pois têm até ao dia 31 de agosto para assistir aos oito filmes da saga de fantasia criada pela autora britânica J. K. Rowling, já que, a partir daquela data, serão removidos do catálogo da plataforma de streaming.

No entanto, os filmes já foram adicionados e estão disponíveis desde o dia 1 de julho no Peacock, nos países abrangidos pelo serviço de streaming da NBCUniversal, e na Apple TV nos restantes mercados internacionais.

Harry Potter e a Pedra Filosofal“, “Harry Potter e a Câmara dos Segredos“, “Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban“, “Harry Potter e o Cálice de Fogo“, “Harry Potter e a Ordem da Fénix“, “Harry Potter e o Príncipe Misterioso“, “Harry Potter e os Talismãs da Morte – Parte 1” e “Harry Potter e os Talismãs da Morte – Parte 2“, são os oito títulos lançados pela Warner Bros. Pictures que vão abandonar a HBO Max.

Apesar disso, os fãs do Mundo Mágico esperam que “Monstros Fantásticos e Onde Encontrá-los“, “Monstros Fantásticos: Os Crimes de Grindelwald” e “Monstros Fantásticos: Os Segredos de Dumbledore” permaneçam na HBO Max, que ainda oferece a oportunidade de assistir a “Harry Potter 20º Aniversário: De Volta a Hogwarts”, que mostra a reunião do elenco e do realizador Chris Columbus, enquanto discutem a produção dos filmes.

A franquia de filmes de Harry Potter tem saltado entre a HBO Max e o Peacock nos últimos dois anos – ilustrando o poder de títulos duradouros para atrair e reter assinantes em meio à competição feroz entre os serviços de streaming. Quando o HBO Max foi lançado em maio de 2020, apresentava os oito filmes de Potter, mas depois de uma janela de 90 dias voaram para o Peacock. Em setembro de 2021, a HBO Max conquistou os direitos, mas apenas pelo período de 12 meses, que terminam no final de agosto.

Harry Potter é uma das propriedades mais valiosas da Warner Bros. Pictures. As oito longas-metragens, adaptadas da série de sete livros da autora, arrecadaram no total mais de US$ 7 mil milhões nas bilheteiras dos cinemas em todo o mundo.

Artigos relacionados