Frances McDormand vai liderar o elenco da adaptação de “Women Talking”

Frances McDormand vai liderar o elenco de Women Talking

Vencedora de Óscares por “Fargo” e “Três Cartazes à Beira da Estrada“, Frances McDormand foi anunciada como produtora, por meio da sua empresa Hear/Say Productions, e protagonista da futura adaptação cinematográfica de “Women Talking“, romance best-seller de Miriam Toews publicado em 2018.

Segundo o Deadline, este projeto da recém relançada Orion Pictures da MGM e da Plan B, de Brad Pitt, vai contar com um guião escrito pela canadiana Sarah Polley (Notas de Amor) que também será a responsável pela realização.

Com base em eventos reais e contados através das “atas” de um simpósio exclusivamente feminino, o romance usa humor irónico e politicamente engajado para relatar uma história de mulheres que reivindicam o seu próprio poder de decidir.

“Women Talking” passa-se numa colónia religiosa menonita, onde, durante anos, as mulheres foram sistematicamente violadas durante a noite, alegadamente por demónios, como castigo pelos seus pecados. No entanto, acabam por descobrir que foram drogadas e atacadas por um grupo de homens da sua comunidade que acabaram por ser presos.

Mas elas sabem que dentro de dois dias os violadores vão regressar a casa após pagarem uma fiança. Determinadas a protegerem-se, um grupo dessas mulheres decide fazer uma reunião secreta para tomar uma decisão que mudará o seu futuro: permanecer no único mundo que conhecem ou devem ser ousadas e fugir.

Para 2021, McDormand tem pendente as estreias de três filmes: “Nomadland – Sobreviver na América“, de Chloé Zhao, “The French Dispatch“, de Wes Anderson, e “The Tragedy of Macbeth”, no qual interpreta Lady Macbeth, um filme escrito e realizado Joel Coe, marido da atriz desde 1984.

Artigos relacionados

Contribua com a sua opinião!

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *