“Gambit”: Channing Tatum considera dirigir o spin-off da franquia X-Men

Channing Tatum considera dirigir Gambit

Anunciado há vários anos, “Gambit”, o spin-off da franquia X-Men, tarda a sair do papel com as constantes entradas e saídas de realizadores. Depois do abandono do realizador Gore Verbinski (O Mascarilha) em janeiro de 2018, tal como acontecera em épocas anteriores com Rupert Wyatt (Captive State – Cercados) e Doug Liman (O Muro), o projeto amaldiçoada poderá ser ressuscitado.

As últimas informações dão conta de que Channing Tatum (Kingsman: O Círculo Dourado) está a considerar dirigir o projeto, para o qual está há muito tempo confirmado para protagonizar o personagem do título (Remy LeBeau), um mutante com capacidades de manipulação de energia cinética, que utiliza um baralho de cartas como principal arma. Lizzy Caplan também poderá juntar-se ao elenco.

Numa recente reportagem do Deadline, o ator teria deixado de ser representado pela sua equipa de agentes (UTA e a Management 360) com a intenção de avançar com a ideia de dirigir o filme do herói mutante, mas até ao momento não haja qualquer data de início e ainda está em desenvolvimento.

Com a recente fusão Disney/Fox, todos os projetos da Fox que não estão em produção até este verão serão reagendados pelo estúdio supervisionado pelo produtor Kevin Feige, significando que “Gambit” deveria entrar em produção nos próximos meses, algo que é altamente improvável.

No entanto, há rumores de que o filme está programado pera começar a ser filmado em Nova Orleães e Los Angeles, a partir de 15 de fevereiro, mas a informação ainda não foi confirmada oficialmente, apesar da estreia continuar marcada para 12 de março de 2020.

Artigos relacionados