“Gladiador”: Sequela do épico de Ridley Scott será protagonizada por Paul Mescal

A aguardada sequela do épico de sucesso “Gladiador”, que há anos Ridley Scott (Casa Gucci) tem vindo a trabalhar, acabou de receber uma nova atualização. Segundo o Deadline, Paul Mescal (A Filha Perdida) está em negociações finais para liderar o elenco deste projeto da Paramount Pictures.

O ator não irá substituir Maximus, o papel protagonista desempenhado por Russell Crowe (Poker Face) no primeiro filme, mas sim Lucius, o filho de Lucilla, que agora é um homem adulto, já que a história se passa “30 anos… [talvez] 25 anos depois” dos eventos originais, segundo um dos produtores.

Como o personagem de Crowe encontrou o seu final no primeiro filme, a sequela dará continuação à história de Lucius, que foi interpretado por Spencer Treat Clark, o filho de Lucilla (papel de Connie Nielsen). O jovem era sobrinho de Commodus (Joaquin Phoenix), que assassinou o seu pai, assumiu o trono e acabou na arena de gladiadores com Maximus, que, embora mortalmente ferido, matou o imperador. Maximus salvou o menino e a sua mãe enquanto vingava a sua própria família, deixando uma forte impressão no jovem Lucius.

Filme “Gladiador” (2000)

Lançado nos cinemas em 2000, o filme foi nomeado a 11 categorias dos Óscares, arrecadando 5 estatuetas douradas, entre as quais, a de Melhor Filme e de Melhor Ator, atribuído a Russel Crowe. Scott foi indicado para Melhor Realizador mas o prémio foi para Steven Soderbergh por “Traffic – Ninguém Sai Ileso”. Nas bilheteiras mundiais arrecadou mais de 460 milhões de dólares.

A rodagem de “Gladiador 2″está prevista para arrancar no próximo mês de maio, novamente com Ridley Scott na cadeira da realização, que trabalhará a partir de um último guião escrito por David Scarpa. A data de estreia ainda não foi definida.

Quer ficar a par de todas as novidades de cinema e televisão? Siga-nos nas redes sociais e não se esqueça de deixar um “like”!

Estamos no Facebook, Instagram, Twitter e no Google Notícias. Pode ainda assistir aos trailers legendados no Youtube.

Artigos relacionados