“Grandes Filmes, Grandes Flops”: 1 a 11 de novembro no Cinema Nimas

Ciclo de cinema Grandes Filmes, Grandes Flops

De 1 a 11 de novembro, vai decorrer no Cinema Nimas em Lisboa o ciclo de cinema “Grandes Filmes, Grandes Flops“, um dos destaques da programação deste mês da Medeia Filmes.

O ciclo inclui obras de Paul Verhoeven , Robert Rossen, Steven Spielberg, François Truffaut e Sylvester Stallone.

1 novembro – 21:30h: “Showgirls”, de Paul Verhoeven
2h 11min | M/18 | 1995 – Cópia Digital Restaurada 4K

Nomi Malone (Elizabeth Berkley) é uma jovem que parte para Las Vegas com o propósito de se tornar showgirl num hotel de luxo. Começa numa casa de strip de segunda categoria, e logo chama a atenção, ascendendo rapidamente a rainha da vida nocturna de Las Vegas quando consegue o papel principal de um espectáculo no Stardust Casino.
Incompreendido na altura da sua estreia, Showgirls foi um fracasso de bilheteira. Hoje é um filme de culto.

4 novembro – 21:30h: “Lilith e o Destino”, de Robert Rossen
1h 54min | M/12 | 1964

Regressado da Guerra da Coreia, Vincent (Warren Beatty), procura trabalho numa clínica psiquiátrica de luxo em Maryland. Aí conhece uma jovem e sedutora rapariga que sofre de esquizofrenia, Lilith (Jean Seberg). À medida que mergulha no seu mundo privado, Vincent vai-se deixando fascinar por Lilith.

Adaptação do romance de J.R. Salamanca, o derradeiro filme de Rossen desdobra-se tanto no real como na fantasia, questionando as possibilidades de cada um.

6 novembro – 21:30h: “1941 – Ano Louco em Hollywood”, de Steven Spielberg
1h 58min | M/12 | 1979 – Cópia Digital Restaurada

Dias após o ataque das forças japonesas a Pearl Harbor em 1941, os habitantes da Califórnia entram em pânico com medo de um futuro ataque quando um submarino japonês aparece na costa de Los Angeles. A histeria toma conta desses habitantes assim como dos militares que se reúnem para preparar a defesa da nação, deixando toda a cidade perto da loucura.

Realizado depois de “Encontros Imediatos do Terceiro Grau”, o filme não alcançou o sucesso de público esperado (ainda assim, o box office foi o triplo do seu orçamento e o filme foi nomeado para os Óscares nas categorias de Melhor Fotografia, Melhor Som e Melhores Efeitos Especiais).

7 novembro – 21:30h: “A Sereia do Mississipi”, de François Truffaut
2h 03min | M/14 | 1969

Um colono, Louis Mahe (Jean-Paul Belmondo), dono de uma fazenda e de uma fábrica de tabaco na Ilha da Reunião, apaixona-se perdidamente por correspondência por Julie Roussel (Catherine Deneuve). Quando se encontram casam-se, muito embora Julie não se parecesse com a fotografia que Louis recebeu. O que Louis não sabe é que Julie tem um passado obscuro e que ela se prepara para fugir com o seu dinheiro. À medida que a tenta encontrar, Louis vai-se aproximando da ruína e da morte.

Com “A Sereia do Mississipi”, Truffaut filma a história de um amor perverso e é, mais uma vez, responsável por um clássico do cinema moderno francês.

11 novembro – 21:45h: “Paradise Alley”, de Sylvester Stallone
1h 47min | M/12 | 1978 – Cópia Digital Restaurada

Os Carboni, três irmãos italo-americanos, vivem nos bairros degradados da Nova Iorque dos anos 40. Com o objectivo de melhorar as suas condições de vida, tentam crescer no mundo do wrestling, aproveitando as habilidades promocionais de um deles e as tácticas vigaristas do outro.

Escrito e protagonizado por Sylvester Stallone, Paradise Alley marca a sua estreia na realização e conta com a participação de vários lutadores profissionais de wrestling.

Artigos relacionados

Contribua com a sua opinião!

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *