“Guerra Fria – Cold War”, de Pawel Pawlikowski, lidera nomeações aos Prémios Europeus de Cinema

Lista de nomeados aos Premios Europeus do Cinema 2018

Os mais de 3500 membros da Academia Europeia de Cinema (EFA) já escolheram os nomeados às principais categorias para a 31ª edição dos Prémios Europeus de Cinema, que foram anunciados no Festival de Cinema Europeu de Sevilha, em Espanha.

Guerra Fria – Cold War“, de Pawel Pawlikowski, lidera nomeações com cinco indicações, incluindo as de Melhor Filme, Realizador, Argumento, Atriz (Joanna Kulig) e Ator (Tomasz Kot). O drama romântico que venceu o prémio de realização em Cannes, é também a esperança da Polónia para conquistar o Óscar de Melhor Filme em Língua Estrangeira.

Seguem-se com quatro nomeações “Border”, de Ali Abbasi , “Dogman”, de Matteo Garrone e “Feliz Como Lázaro“, de Alice Rohrwacher. Estes três títulos, o flme de Pawlikowski e ainda “Girl“, de Lukas Dhont estão na corrida pelo prémio de Melhor Filme Europeu de 2018.

Portugal estará representado na categoria de Melhor Comédia Europeia com “Diamantino”, filme de Gabriel Abrantes e Daniel Schmidt, vencedor no passado mês de maio do Grande Prémio na Semana da Crítica do Festival de Cannes.

A 15 de dezembro, serão revelados os vencedores dos Prémios Europeus de Cinema 2018, numa cerimónia que terá lugar também em Sevilha.

MELHOR FILME EUROPEU 2018
– “Border”, de Ali Abbasi
– “Cold War – Guerra Fria”, de Pawel Pawlikowski
– “Doman”, de Matteo Garrone
– “Girl”, de Lukas Dhont
– “Feliz Como Lázaro”, de Alice Rohrwacher

MELHOR DOCUMENTÁRIO EUROPEU 2018
– “A Woman Captured”, de Bernadett Tuza-Ritter
– “Bergman: A Year in a Life”, de Jane Magnusson
– “Of Fathers and Son”, de Talal Derki
– “The Distant Barking of Dog”, de Simon Lereng Wilmont
– “The Silence of Others”, de Almudena Carracedo e Robert Bahar

MELHOR REALIZADOR
– Ali Abbasi (Border)
– Matteo Garrone (Dogman)
– Samuel Maoz (Foxtrot)
– Pawel Pawlikowski (Cold War- Guerra Fria)
– Alice Rohrwacher (Feliz Como Lázaro)

MELHOR ATRIZ
– Marie Bäumer(3 Days in Quiberon)
– Halldóra Geirharðsdóttir (Woman at War)
– Joanna Kulig (Cold War- Guerra Fria)
– Bárbara Lennie (Petra)
– Eva Melander (Border)
– Alba Rohrwacher (Feliz Como Lázaro)

MELHOR ATOR
– Jakob Cedergren (O Culpado)
– Rupert Everett (The Happy Prince)
– Marcello Fonte (Dogman)
– Sverrir Gudnason (Borg vs. McEnroe)
– Tomasz Kot (Cold War- Guerra Fria)
– Victor Polster(Girl

MELHOR ARGUMENTO
– “Border”
– “Dogman”
– “O Culpado”
– “Cold War- Guerra Fria”
– “Feliz Como Lázaro”

MELHOR ANIMAÇÃO
– “Mais um Dia de Vida“, de Raúl de la Fuente e Damian Nenow
– “A Idade da Pedra”, de Nick Park
– “A Ganha-Pão“, de Nora Twomey
– “Presa Branca”, de Alexandre Espigares

MELHOR COMÉDIA
– “Diamantino”, de Gabriel Abrantes e Daniel Schmidt
– “A Morte de Estaline“, de Armando Iannucci
– “O Espírito da Festa“, de Eric Toledano e Olivier Nakache

Artigos relacionados