“Guerra Fria – Cold War” foi o grande vencedor dos Prémios Europeus de Cinema

Vencedores Prémios Cinema Europeu 2018

Guerra Fria – Cold War” foi o grande vencedor da 31ª edição dos European Film Awards, os Prémios Europeus de Cinema de 2018. Na gala realizada no passado sábado em Sevilha, o drama romântico de Pawel Pawlikowski venceu em cinco categorias: Melhor Filme, Melhor Realizador, Melhor Atriz, atribuído a Joanna Kulig, Melhor Argumento e Melhor Edição.

A estatueta de Melhor Ator foi para Marcello Fonte pela sua interpretação em “Dogman”, do italiano Matteo Garrone, que também venceu em duas categorias técnicas, a de Melhor Guarda-Roupa e Melhor Penteados e Maquilhagem.

O filme português “Diamantino”, de Gabriel Abrantes, não venceu na categoria a que estava nomeado, a de Melhor Comédia, prémio que foi atribuído a “A Morte de Estaline“, de Armando Iannucci. Também a curta nacional “Aquaparque”, de Ana Moreira, ficou de fora dos premiados, com o troféu a ser entregue a “Gli Anni “, documentário de Sara Fgaier.

Destaque ainda para “Mais um Dia de Vida“, de Raúl de la Fuente e Damian Nenow, eleita a Melhor Animação e para “Bergman – Um Ano, Uma Vida“, de Jane Magnusson, considerado o Melhor Documentário. O Prémio do Público foi para “Chama-me Pelo Teu Nome“, de Luca Guadagnino.

Confira os vencedores:

MELHOR FILME EUROPEU 2018
– “Guerra Fria – Cold War”, de Pawel Pawlikowski

MELHOR REALIZADOR
– Pawel Pawlikowski (Guerra Fria – Cold War)

MELHOR ATRIZ
– Joanna Kulig (Guerra Fria – Cold War)

MELHOR ATOR
– Marcello Fonte (Dogman)

MELHOR DOCUMENTÁRIO
– “Bergman – Um Ano, Uma Vida”, de Jane Magnusson

MELHOR ANIMAÇÃO
– “Mais um Dia de Vida“, de Raúl de la Fuente e Damian Nenow

MELHOR COMÉDIA
– “A Morte de Estaline“, de Armando Iannucci

MELHOR CURTA-METRAGEM
– “Gli Anni ”

MELHOR ARGUMENTO
– “Guerra Fria – Cold War”

MELHOR CINEMATOGRAFIA
– “Utoya, 22 de julho”

MELHOR DESIGN PRODUÇÃO
– “Leto”

MELHORES EFEITOS VISUAIS
– “Na Fronteira”

MELHOR BANDA SONORA
– “3 Days in Quiberon”

MELHOR SOM
– “O Capitão”

PRÉMIO FIPRESCI
– “Girl”

PRÉMIO DO PÚBLICO
– “Chama-me Pelo Teu Nome”

Artigos relacionados