“Hagazussa: A Heathen’s Curse”: Filme de Lukas Fiegelfeld venceu a 12ª edição do MotelX

Hagazussa venceu a competição de longas-metragens MotelX 2018

Terminou ontem em Lisboa, a 12ª edição do MotelX – Festival Internacional de Cinema de Terror de Lisboa, evento que abriu com a antestreia nacional de “The Nun: A Freira Maldita”, no dia 4 de setembro.

“Hagazussa: A Heathen’s Curse”, do realizador austríaco Lukas Fiegelfeld, foi o vencedor do prémio Meliès d’Argent da 3ª Competição Europeia de Longas-Metragens, que pela primeira vez teve duas produções nacionais em competição: “Mutant Blast”, de Fernando Alle e “Inner Ghosts”, de Paulo Leite. O primeiro filme de Fiegelfeld é um conto negro passado na Europa do século XV, em torno das crenças populares da altura.

Na competição de curtas-metragens, o prémio principal foi para Guilherme Daniel, que apresentou-se com “A Estranha Casa na Bruma”. O vencedor, além de receber os 5.000€, ganhou um lugar na competição internacional da Federação Europeia de Festivais de Cinema Fantástico, o Méliès d`Or. A curta “Agouro”, de David Doutel e Vasco Sá foi distinguida com uma menção especial.

Exibido na secção Serviço de Quarto, a produção do japonês Shinichiro Ueda, “One Cut of the Dead”, arrecadou o prémio do público do MotelX 2018.

Artigos relacionados