“Hava, Maryam, Ayesha”: Filme patrocinado por Angelina Jolie vai representar o Afeganistão nos Óscares

Hava, Maryam, Ayesha vai representar o Afeganistão nos Óscares

O drama feminista “Hava, Maryam, Ayesha”, dirigido pela primeira cineasta afegã Sahraa Karimi, representará o Afeganistão na corrida ao Óscar de Melhor Filme Internacional.

O filme, que fez a estreia mundial no Festival de Veneza, conta a história de três mulheres afegãs grávidas, de diferentes origens sociais, que experimentam desafios diferentes, porém interligados, relacionados à sua cultura.

A estreia no Lido foi patrocinada por Angelina Jolie (Maléfica: Mestre do Mal), que divulgou uma declaração sobre o filme antes da sua exibição: “Este filme delicadamente feito e comovente, narra a vida de mulheres jovens num Afeganistão contemporâneo. Mostra a graça, a beleza e o espírito das mulheres afegãs enquanto navegam pelo casamento, amor, amizade, família e a maternidade. O filme todo feito no Afeganistão é um triunfo contra as probabilidades. Numa época em que o futuro do Afeganistão está pendurado na balança, lembra-nos tudo o que está em jogo para milhões de mulheres afegãs, que merecem liberdade, independência e segurança para fazer as suas próprias escolhas – nas suas próprias casas e por todo o mundo – e na sociedade como um todo.”

Confira a lista atualizada dos filmes já submetidos ao Óscar de Melhor Filme Internacional.

Produzido pela Noori Pictures, a produtora de Katayoon Shahabi, o filme é apresentado como o primeiro filme afegão independente rodado inteiramente em Cabul por uma mulher. A realizadora Karimi foi recentemente nomeada como chefe da Organização Afegã de Cinema.

Assista ao trailer oficial:

Artigos relacionados