“Ilusões Perdidas” foi o grande vencedor da 47ª edição dos Prémios César

Foram anunciados nesta sexta-feira (25) os vencedores da 47ª edição dos Prémios César, distinções atribuídas anualmente pela Académie des Arts et Techniques du Cinéma, popularmente conhecidos como os “Óscares” do cinema francês.

Ilusões Perdidas“, filme de Xavier Giannoli, foi o grande vencedor ao arrecadar sete estatuetas, incluindo Melhor Filme. “Annette“, de Leos Carax, foi distinguido em cinco categorias, entre as quais Melhor Realização.

Os vencedores serão conhecidos numa cerimónia que está anunciada para o dia 25 de fevereiro, para já em formato presencial, que poderá sofrer alterações devido à pandemia.

MELHOR FILME
VENCEDOR – “Ilusões Perdidas”
– “A Voz do Amor”
– “Annette”
– “Bac Nord”
– “O Acontecimento”
– “La Fracture”
– “Onoda, 10 000 Noites na Selva”

MELHOR REALIZAÇÃO
VENCEDOR – Leos Carax (Annette)
– Valérie Lemercier (Aline)
– Cédric Jimenez (Bac Nord)
– Audrey Diwan (O Acontecimento)
– Xavier Giannoli (Ilusões Perdidas)
– Arthur Harari (Onoda, 10 000 Noites na Selva)
– Julia Ducournau (Titane)

MELHOR ATOR
VENCEDOR – Benoît Magimel (De Son Vivant)
– Damien Bonnard (Les Intranquilles)
– Adam Driver (Annette)
– Gilles Lellouche (Bac Nord)
– Vincent Macaigne (Médecin de Nuit)
– Pio Marmaï (La Fracture)
– Pierre Niney (Caixa Negra)

MELHOR ATRIZ
VENCEDORA – Valérie Lemercier (A Voz do Amor)
– Leïla Bekhti (Les Intranquilles)
– Valéria Bruni Tedeschi (La Fracture)
– Virginie Efira (Benedetta)
– Vicky Krieps (Abraça-me com Força)

MELHOR ATOR SECUNDÁRIO
VENCEDOR – Vincent Lacoste (Ilusões Perdidas)
– François Civil (Bac Nord)
– Xavier Dolan (Ilusões Perdidas)
– Karim Leklou (Bac Nord)
– Sylvain Marcel (A Voz do Amor)

MELHOR ATRIZ SECUNDÁRIA
VENCEDORA – Aissatou Diallo Sagna (La Fracture)
– Jeanne Balibar (Ilusões Perdidas)
– Cécile de France (Ilusões Perdidas)
– Adèle Exarchopoulos (Mandíbulas)
– Danielle Fichaud (A Voz do Amor)

MELHOR ATOR REVELAÇÃO
VENCEDOR – Benjamin Voisin (Ilusões Perdidas)
– Sandor Funtek (Suprêmes)
– Sami Outalbali (Une Histoire d’amour et de Désir)
– Timotée Robart (Les Magnétiques)
– Makita Samba (Paris 13)

MELHOR ATRIZ REVELAÇÃO
VENCEDORA – Anamaria Vartolomei (O Acontecimento)
– Noée Abita (Slalom)
– Salomé Dewaels (Ilusões Perdidas)
– Agathe Rousselle (Titane)
– Lucie Zhang (Paris 13)

MELHOR PRIMEIRO FILME
VENCEDOR – “Les Magnétiques”, de Vincent Maël Cardona
– “Gagarine”, de Fanny Liatard e Jérémy Trouilh
– “La Nuée”, de Just Philippot
– “La Panthère des Neiges”, de Marie Amiguet e Vincent Munier
– “Slalom”, de Charlène Favier

MELHOR ARGUMENTO ORIGINAL
VENCEDOR – “Onoda, 10 000 Noites na Selva”
– “A Voz do Amor”
– “Annette”
– “Caixa Negra”
– “La Fracture”

MELHOR ARGUMENTO ADAPTADO
VENCEDOR – “Ilusões Perdidas”
– “Les Choses Humaines”
– “O Acontecimento”
– “Paris 13”
– “Abraça-me Com Força”

MELHOR FILME ANIMAÇÃO
VENCEDOR – “A Cimeira dos Deuses”
– “Même Les Souris Vont au Paradis”
– “La Traversée”

MELHOR DOCUMENTÁRIO
VENCEDOR – “La Panthère des Neiges ”
– “Animal”
– “Bigger Than Us”
– “Debout les Femmes”
– “Indes Galantes”

MELHOR FILME ESTRANGEIRO
VENCEDOR – ” O Pai”
– “Compartimento n°6”
– “Drive My Car”
– “First Cow – A Primeira Vaca da América”
– “A Pior Pessoa do Mundo”
– “La Loi de Téhéran”
– “Mães Paralelas”

MELHOR FOTOGRAFIA
VENCEDOR – “Ilusões Perdidas”
– “Annette”
– “Paris 13”
– “Onoda, 10 000 Noites na Selva”
– “Titane”

MELHOR MONTAGEM
VENCEDOR – “Annette”
– “Bac Nord”
– “Caixa Negra”
– “La Fracture”
– “Ilusões Perdidas”

MELHOR SOM
VENCEDOR – “Annette”
– “Aline”
– “Caixa Negra”
– “Ilusões Perdidas”
– “Les Magnétiques”

MELHOR BANDA SONORA
VENCEDORA – “Annette”
– “Bac Nord”
– “Caixa Negra”
– “Paris 13”
– “La Panthère des Neiges”

MELHOR GUARDA-ROUPA
VENCEDOR – “Ilusões Perdidas”
– “A Voz do Amor”
– “Annette”
– “Delicioso”
– “Eiffel”

MELHOR DESIGN PRODUÇÃO
VENCEDOR – “Ilusões Perdidas”
– “A Voz do Amor”
– “Annette”
– “Delicioso”
– “Eiffel”

MELHOR EFEITOS VISUAIS
VENCEDOR – “Annette”
– “A Voz do Amor”
– “Eiffel”
– “Ilusões Perdidas”
– “Titane”

MELHOR CURTA-METRAGEM FICÇÃO
VENCEDORA – “Les Mauvais Garçons”
– “L’Âge Tendre”
– “Le Départ”
– “Des Gens Bien”
– “Soldat Noir”

MELHOR CURTA-METRAGEM ANIMAÇÃO
VENCEDORA – “Folie Douce, Folie Dure”
– “Empty Places”
– “Le Monde en Soi”
– “Précieux”

MELHOR CURTA-METRAGEM DOCUMENTÁRIO
VENCEDORA – “Maalbeek”
– “America”
– “Les Antilopes”
– “La Fin des Rois”

Artigos relacionados