Indiewire elogia filme do português Miguel Gomes ‘As Mil e Uma Noites’

Cannes_Arabians Nights_filme mIguel Gomes

O recente filme dividido em três partes do cineasta português Miguel Gomes, intitulado ‘As Mil e Uma Noites’, foram exibidos individualmente na Semana dos Realizadores, evento paralelo ao Festival de Cannes, onde recebeu grandes elogios da crítica internacional.

Para a Indiewire, ‘Arabians Nights’ com mais de seis horas de duração, repartido em três volumes, ‘O inquieto’, ‘O desolado’ e ‘O encantado’, é o mais ambicioso e divertido filme do festival deste ano, descrevendo-o como um épico com histórias entrelaçadas. Pode ler a notícia original, aqui.

Numa votação que ocorre durante o festival, feita pelos críticos de Cannes, a produção nacional foi considerada a quarta melhor exibida na edição deste ano, sendo superada por ‘The Assasssin (Nie yin niang), de Hou Hsiao Hsien, ‘Cemetery Of Splendour’ (Rak ti Khon Kaen), de Apichatpong Weerasethakul, e “Carol”, de Todd Haynes.

Inspirado na estrutura do livro das histórias da rainha persa Xerazade, não se trata de uma adaptação, mas nos fatos ocorridos em Portugal nos anos de 2013 e 2014, altura em que o país estava mergulhado numa crise económica, em austeridade e desemprego.

A estreia do filme em Portugal está prevista para o próximo mês de setembro.

Artigos relacionados