“Insane”: Jon Turteltaub será o realizador do drama sobre as fraudes de “Crazy” Eddie Antar

Jon Turteltaub vai dirigir o filme Insane

Jon Turteltaub , realizador de “Meg: Tubarão Gigante“, foi contratado para dirigir o drama baseado em factos reais intitulado “Insane”, centrado nas façanhas de “Crazy” Eddie Antar, o falecido rei dos produtos eletrónicos e outros produtos de consumo, que acabou por cumprir alguns anos de prisão por perpetrar uma das maiores fraudes da história dos EUA.

A Crazy Eddie era uma cadeia de electrodomésticos e produtos eletrónicos, no nordeste dos EUA, que foi fundada em 1971 no Brooklyn, alcançando proeminência em toda a região com os seus memoráveis ​​anúncios de rádio e televisão, apresentando um personagem frenético e “louco” interpretado pelo comediante Jerry Carroll, que prometia os preços mais baixos que eram “In-sa-aaa-nos”. No auge, a Crazy Eddie tinha 43 lojas em quatro estados e registou mais de US$ 300 milhões em vendas.

Em pouco tempo, tornou-se uma sensação de Wall Street, só que, Antar roubava dinheiro e falsificava os stocks para aumentar o valor das ações. Incapaz de sustentar as suas práticas comerciais fraudulentas, após ganhar milhões de dólares em ações, demitiu-se da empresa em dezembro de 1986. No ano seguinte, os novos proprietários rapidamente descobriram a verdadeira extensão da fraude da família Antar. Em 1989, a empresa declarou falência e foi liquidada.

Eddie acabou por ser acusado de uma série de crimes, fugindo para Israel, onde depositou milhões de dólares, em fevereiro de 1990, mas foi extraditado para os EUA em janeiro de 1993 para ser julgado. Em 1997, foi condenado a oito anos de prisão e foi sujeito a inúmeras multas, avaliadas em mais de US$ 150 milhões.

O projeto começou a ser criado na Entertainment One no ano passado quando adquiriu os direitos exclusivos ao primo e cúmplice de Crazy Eddie, Sam E. Antar, que, curiosamente, corrigiu-se a tempo e converteu-se num contabilista que ajuda a descobrir fraudes similares. Sam será um dos produtores associado a Greg Berlanti, Sarah Schechter, Peter Steinfeld, DeShawn Schneider e Mandy Stein.

O filme irá contar a história do ponto de vista de Sam, um jovem primo com um diploma de contabilista, envolvido num negócio de família para elaborar os livros que escondiam as fraudes que estavam a acontecer. Sam E. Antar foi franco sobre os seus erros, mentindo sob juramento, para proteger os membros da família antes de finalmente cooperar com os promotores.

Artigos relacionados