J. A. Bayona vai dirigir para a Netflix a adaptação do livro “La Sociedad de la Nieve”

J. A. Bayona vai dirigir o filme La Sociedad de la Nieve

O cinesta espanhol J. A. Bayona (Mundo Jurássico: Reino Caído) vai dirigir para a Netflix uma longa-metragem adaptada da obra “La Sociedad de la Nieve“, de Pablo Vierci, que relata os acontecimentos reais de uma tragédia que ocorreu nos Andes em 1972.

O filme irá contar a verdadeira história do que aconteceu depois que o voo 571 da Força Aérea Uruguaia, que transportava a equipa de rugby com destino ao Chile, despenhou-se na cordilheira dos Andes. Apenas 29 dos 45 passageiros, com idades a rondar os 20 anos, sobreviveram ao acidente, enfrentando um dos ambientes mais hóstis do planeta, sendo forçados a recorrer a medidas extremas para se manterem vivos.

Trinta e quatro anos depois, o autor acompanhou um grupo de 16 sobreviventes com seus filhos até a montanha, e cada um lembra-se como foram os setenta e dois dias nas montanhas, com trinta graus abaixo de zero, sem abrigo nem comida, como superaram aquela situação extrema, como entenderam a morte, o que o acidente significou e como isso influenciou a sua vida posterior. O livro acabou por ser publicado originalmente em 2009.

Vierci foi colega de escola dos sobreviventes, e talvez por isso a recriação dos momentos anteriores ao acidente seja tão precisa e bem-sucedida, como a sobrevivência nas montanhas, a avalanche que matou oito amigos, a decisão de se alimentarem dos corpos dos companheiros, a expedição de socorro, os dias após o resgate e a vida que se seguiu.

Bayona, que coescreveu o guião com Bernat Vilaplana, Jaime Marques e Nicolás Casariego, está de regresso a produções em espanhol, depois de catorze anos sem filmar no seu próprio idioma. As filmagens vão decorrer na Serra Nevada, Montevideu, capital do Uruguai, e em varios lugares da Cordilheira dos Andes, tanto no Chile como na Argentina, incluindo o Vale das Lágrimas, onde ocorreu a tragédia real.

Sabe-se ainda que o novo projeto irá contar com uma equipa de jovens atores uruguaios e argentinos, mas ainda se desconhece a data prevista para ser lançado na plataforma de streaming.

Artigos relacionados