Já há planos para o desenvolvimento de uma sequela de “Meg: Tubarão Gigante”

Sequela de Meg - Tubarao Gigante

Durante a Entertainment Summit que decorreu em Los Angeles, Catherine Xujun Ying, CEO da Gravity Pictures, confirmou que já existem planos para fazer uma sequela do surpreendente blockbuster de verão “Meg: Tubarão Gigante“.

“Esse é definitivamente o plano. Ainda está nos estágios iniciais, mas estamos a trabalhar nisso. Estamos a tentar manter isso em segredo neste momento”, disse Ying sobre a construção da franquia e os planos futuros de The Meg 2.

A produtora Belle Avery também está ansiosa pelas continuações, já que adquiriu os direitos de adaptação dos oito livros de Steve Alten. Neste momento, também já se fala na criação de parques temáticos de The Meg.

Segundo o Deadline, ainda não foi contratado qualquer argumentista para escrever a sequela e Warner Bros. Pictures ainda não confirmou oficialmente a produção, que marcará uma nova parceria entre os EUA e a China, algo que se tornou assustador, dado os fracassos anteriores, entre os quais “A Grande Muralha” e “Warcraft: O Primeiro Encontro de Dois Mundos“.

No entanto, como The Meg tornou-se um êxito nas bilheteiras, era de esperar por uma sequela. O filme produzido com um orçamento estimado entre os 130/150 milhões de dólares, arrecadou em todo o mundo US$ 527,8 milhões, superando a anterior coprodução, a animação “O Panda do Kung Fu 3”, com US$ 521,1 milhões.

O filme de terror e ficção científica foi dirigido por Jon Turteltaub, com protagonismo da estrela de ação Jason Statham, que foi acompanhado no elenco por Li Bingbing, Rainn Wilson e Ruby Rose.

Artigos relacionados