James Gunn confirmou que já há conversas sobre uma sequela de “Brightburn – O Filho do Mal”

James Wan falou sobre a sequela de Brightburn Filho do Mal

Numa publicação feita na sua conta oficial do Instagram, sobre a “morte” da MAD Magazine, uma revista norte-americana de humor satírico, publicada mensalmente desde 1952, o produtor James Gunn (Guardiões da Galáxia Vol. 2) respondeu a um fã sobre a possibilidade de uma sequela de “Brightburn – O Filho do Mal“, filme de terror e ficção científica que estreou nos nossos cinemas no passado mês de maio.

“Penso que estarei amarrado durante os próximos anos com Esquadrão Suicida e Guardiões da Galáxia, mas estamos a falar sobre a sequela”, respondeu Gunn, deixando a entender que não assumirá a realização do novo filme, mas que a continuação poderá mesmo acontecer.

Realizador por David Yarovesky, o filme protagonizado por Elizabeth Banks, David Denman, Meredith Hagner e Matt Jones, está centrado num casal que encontra um bebé num objeto misterioso que caiu do espaço e decide criá-lo como seu fosse seu. Mas conforme o tempo passa, percebem que a criança não é normal, tornando-se em algo totalmente sinistro com consequências aterradoras.

Produzido por Gunn com um orçamento estimado em US$ 6 milhões, o filme arrecadou nas bilheteiras mundiais mais de US$ 31,3 milhões.

Artigos relacionados