Jim Caviezel poderá repetir o papel de Jesus na sequela de “A Paixão de Cristo”

A ICM Partners, que representa Jim Caviezel, confirmou que o ator está em negociações para retomar o papel de Jesus Cristo na sequela de “A Paixão de Cristo” (The Passion of the Christ). Mel Gibson, que dirigiu o filme de 2004, vai produzir a continuação e provavelmente assumir novamente o comando das filmagens.

Em setembro de 2016, Gibson revelou que a sequela será intitulada “The Resurrection” e não “The Passion of the Christ 2”, centrada na ressurreição de Cristo, tendo afirmado que “é um assunto muito importante e precisa de ser olhado com muito cuidado”, pelo que o filme só poderia ser lançado nos cinemas no final de 2019 ou nos meses iniciais de 2020. Nessa altura, disse também que Randall Wallace estava a trabalhar no guião, mas não foi agora confirmado se o argumentista continua ligado ao projeto.

Quando interpretou pela primeira vez Jesus, hà catorza anos atrás, Caviezel foi acompanhado no elenco por Maia Morgenstern como María e Monica Bellucci como María Madalena. O filme falado em Aramaico com variações para Latim e Hebraico, foi alvo de diversas críticas por promover o antissimetismo e por excesso de violência.

Apesar de tudo, foi um sucesso nas bilheteiras mundiais, ao arrecadar 611,9 milhões de dólares. Em Portugal foi visto por 721 736 espectadores, ocupando o 12º lugar do ranking de Filmes Mais Visto entre 2004 e 2018.

Muito antes deste, o ator irá aparecer em outro filme baseado na Bíblia, “Paul, Apostle of Christ”, drama escrito e dirigido por Andrew Hyatt, interpretando o evangelista Luke, ao lado do protagonista James Faulkner, que dará vida ao apóstolo Paulo.

Artigos relacionados