Joe Johnston regressa para dirigir o novo filme de “Querida, Eu Encolhi os Miúdos”

Nova versão do filme Querida, Eu Encolhi os Miúdos

Lançada em 1989, a comédia de aventura “Querida, Eu Encolhi os Miúdos” (Honey, I Shrunk the Kids), é mais um dos projetos da Disney a receber uma nova versão cinematográfica. Segundo a Variety, Joe Johnston, realizador do filme original está em negociações para assumir novamente a direção do novo filme.

De acordo com a publicação, Josh Gad (Um Crime no Expresso do Oriente) apresentou ao estúdio a ideia da história no início deste ano e a Disney parece ter gostado, já que decidiu renascer o clássico filme protagonizado por Rick Moranis, um papel que desta vez será interpretado pelo próprio Gad.

O filme original apresentou Moranis como o excêntrico inventor Wayne Szalinski que desenvolveu uma máquina que permite encolher o tamanho dos objetos. Como resultado de uma má experiência, acaba por acidentalmente encolher os seus dois filhos adolescentes, bem como, outros miúdos da vizinhança, ficando todos do tamanho de insetos. Agora os adolescentes vão ter que enfrentar diversos problemas por serem tão pequenos, enquanto o pai anda à procura deles e também de uma solução para resolver o problema.

Intitulada “Shrunk”, a nova versão estará ambientada dentro do universo do filme original, mas três décadas depois, com Gad a interpretar Nick Szalinski, o filho de Wayne, que, naturalmente, voltará a cometer os mesmos erros do seu pai e, também acidentalmente, encolherá os seus filhos,

A comédia de 1989 marcou a estreia de Johnston na realização, mas recentemente colaborou com a Disney nas refilmagens de “O Quebra-Nozes e os Quatro Reinos“. Antes disso, foi parte ativa para lançar a franquia Capitão América com “Capitão América: O Primeiro Vingador”. Os seus créditos também incluem “Jumanji (1995)” e “Parque Jurássico III (2001)”.

Artigos relacionados