John Boyega junta-se a Viola Davis no drama histórico “The Woman King”

John Boyega vai protagonizar o drama historico The Woman King

Segundo o The Hollywood Reporter, John Boyega (Star Wars: A Ascensão de Skywalker) juntou-se a Viola Davis (Ma Rainey: A Mãe do Blues), Thuso Mbedu (da série ‘A Estrada Subterrânea’) e Lashana Lynch (007: Sem Tempo Para Morrer) no protagonismo do drama “The Woman King“, um épico histórico da TriStar Pictures.

O filme será dirigido por Gina Prince-Bythewood (A Velha Guarda), cineasta que também coescreveu o argumento com Dana Steven, inspirado em verdadeiros acontecimentos ocorridos no Reino do Daomé, um dos estados mais poderosos da África nos séculos XVIII e XIX.

A história segue Nanisca (Davis), general de uma unidade militar feminina, e Nawi (Mbedu), uma recruta ambiciosa, que juntas lutam contra inimigos que violaram a sua honra, escravizaram o seu povo e ameaçaram destruir tudo pelo que viveram. Boyega interpretará o governante de Dahomey, o rei Ghezo.

John Boyega em “Naked Singularity”

“Há anos que estou apaixonada pelo imenso talento de John, mas o seu discurso às mulheres negras durante os protestos cimentou o meu desejo de trabalhar com ele. O rei Ghezo caminha como se a terra fosse honrada pelo seu fardo. John possui essa profundidade e arrogância inatas, e estou muito entusiasmada para o colocar no ecrã”, disse Prince-Bythewood em comunicado.

Boyega, conhecido internacionalmente por interpretar o herói galáctico Finn na última trilogia Star Wars, está previsto voltar às salas nacionais no próximo dia 21 de outubro, como protagonistas de “Naked Singularity“, ao lado de Olivia Cooke e Bill Skarsgard. Entre os seus futuros projetos encontra-se a sequela do seu filme de estreia no cinema, “Ets in da Bairro” (2011).

Artigos relacionados