“Joker”: Alec Baldwin está fora do filme e não vai interpretar o pai de Batman

Alec Balwin fora do filme Joker

Depois de há uns dias atrás ter sido anunciado para o filme de origem do “Joker”, em que iria interpretar Thomas Wayne, o pai de Bruce Wayne, identidade secreta de Batman, Alec Baldwin (BlacKkKlansman: O Infiltrado) revelou agora que está fora do projeto.

Em declarações ao USA Today, o ator de 60 anos disse que já não fará o filme, acrescentando também que “tenho a certeza que há por aí outros 25 tipos que podem fazer esse papel”, além de citar conflitos de agenda.

Baldwin iria juntar-se no projeto a Joaquin Phoenix (Maria Madalena), que interpretará o vilão da DC Comics, mas também a Robert De Niro, Frances Conroy, Zazie Beetz e Marc Maron. O filme que vai ser dirigido por Todd Phillips (Os Traficantes), teria Baldwin num papel que lhe é familiar no programa Saturday Night Live, apresentando-se como um homem de negócios extravagante e bronzeado, com semelhanças a um Donald Trump nos anos 80.

Antes de abandonar o papel, Baldwin tinha negado através do Twitter que os rumores que apontavam que iria desempenhar uma espécie de sátira de Trump eram falsos: “Deixe-me dizer que nunca fui contratado para um papel no Joker de Todd Phillips como uma espécie de sátira de Donald Trump. Isso não vai acontecer.”

Como as filmagens de “Joker” vão começar daqui a duas semanas, a Warner Bros. Pictures, que não comentou a notícia, terá agora de encontrar um substituto, para que a estreia anunciada para 4 de outubro de 2019 se mantenha.

Artigos relacionados