“Joker”: Diretor do Festival de Veneza diz que o filme é um dos candidatos aos Óscares

Diretor do Festival de Veneza diz que o filme Joker é um forte candidato aos Óscares

Joker“, a história da origem do vilão, do realizador Todd Phillips, promete agitar com a temporada de prémios, ao ser anunciada a sua estreia na competição de um dos eventos mais antigos do mundo, o Festival de Cinema de Veneza, além de também estar selecionado para o prestigiado Festival Internacional de Cinema de Toronto.

É uma raridade um filme baseado em histórias da banda desenhada integrar a programação dos dois maiores festivais mundiais, sendo um sinal evidente de que o filme da Warner Bros./DC, protagonizado por Joaquin Phoenix, vai fazer sucesso entre a crítica especializada e na season awards.

Numa entrevista à Variety, Alberto Barrera, diretor artístico do Festival de Veneza, revelou que foi Phillips quem pressionou para que “Joker” conseguisse um cobiçado espaço na competição do festival. A WB foi escolhida para apresentar o filme fora da competição, como aconteceu em anos anteriores com os oscarizados filmes “Gravidade” e “Assim Nasce Uma Estrela“, mas o realizador queria uma chance para concorrer ao Leão de Ouro.

Barbera declarou que, como de costume a WB queria estar numa situação mais protegida, mas o realizador Todd Phillips disse que não se importava de correr o risco de não ganhar, salientando que não tem razões para competir pois sabe o que têm entre mãos.

“Tenho a dizer que a WB convenceu-se rapidamente, porque é um filme realmente surpreendente. É o filme mais surpreendente que temos este ano… Este vai diretamente para o Óscar, apesar de ser extremamente violento e sombrio. Tem uma incrível ambição e alcance”, disse Barrera, cujos comentários são semelhantes aos que o diretor artístico do TIFF, Cameron Bailey, proferiu ao Indiewire, uma semana antes.

Ao competir em Veneza, “Joker” não só tem a chance de ganhar o Leão de Ouro, sucedendo a “Roma“, de Alfonso Cuarón, mas também dará a oportunidade a Phoenix de vencer o prémio de Melhor Ator, um galardão que já venceu em Veneza há vários anos pelo seu papel em “The Master – O Mentor“, de Paul Thomas Anderson.

A história ambientada nos anos 80, em Gotham City, apresenta Arthur Fleck (Phoenix) como um homem desprezado pela sociedade, que acaba por se tornar num dos maiores vilões, o icónico arqui-inimigo de Batman: o lendário Joker. O elenco conta ainda com Robert De Niro, Zazie Beetz, Brian Tyree Henry, Frances Conroy e Brett Cullen.

Artigos relacionados