Julia Garner, de “Ozark”, em negociações para protagonizar uma nova série da Netflix

Julia Garner pode protagonizar serie da Netflix
Julia Garner como Ruth Langmore na série “Ozark”

Depois de ter assinado um acordo milionário com a Netflix em agosto de 2017, a produtora Shonda Rhimes já está a preparar uma série limitada para o serviço de streaming. De acordo com o site Collider, Julia Garner está em negociações iniciais para o papel principal.

A atriz, que ganhou um Emmy pela sua interpretação como a implacável Ruth Langmore na série “Ozark”, está a ser pretendida para retratar a golpista russa Anna Sorokin, que se fazia passar como a rica herdeira alemã Anna Delvey para obter acesso à alta sociedade de Nova Iorque. Com isso, conseguiu convencer inúmeras pessoas e instituições a financiar o seu luxuoso estilo de vida.

Anna Sorokin/Anna Delvey no tribunal.

Ela morava em hotéis, jantava em restaurantes caros e usava roupas de estilistas, mas a verdade é que era uma pobre imigrante russa que falsificou os registos bancários e nunca pretendeu pagar as suas contas. Em 2017, foi presa e julgada em vários processos de fraude.

Depois de rejeitar um acordo, foi condenada a uma pena de 4 a 12 anos, que está a cumprir no Centro Correcional de Bedford Hills, onde constantemente tem sido advertida por violar as leis da prisão. Provavelmente também será deportada para a Alemanha após a sua libertação.

O guião foi escrito por Rhimes baseado no artigo publicado no New York Times, “How Anna Delvey Tricked New York’s Party People”, cujos direitos televisivos foram adquiridos pela Netflix em parceria com a Shondaland.

Aquela fonte alerta que Garner ainda não possui um acordo oficial e que a Netflix não confirmou nem comentou a notícia. Também não se sabe quantos episódios terá, nem foi divulgada a previsão para a estreia.

Garner repetirá o seu papel na terceira temporada de “Ozark” que já se encontra em produção. A atriz também é conhecida das série “Maniac”, “The Americans” e “Dirty John”. No grande ecrã conta com créditos em filmes como “O Último Exorcismo – Parte II (2013)” ou “Sin City: Mulher Fatal (2014)”.

Artigos relacionados