Julie Andrews vai receber o Leão de Ouro pela sua carreira na 76ª. edição do Festival de Veneza

Julie Andrews vai receber o Leão de Ouro no Festival de Veneza

A organização do Festival de Cinema de Veneza decidiu homenagear Julie Andrews pela sua carreira com a atribuição do Leão de Ouro. A atriz britânica de 83 anos receberá o prémio na 76ª edição que se realiza de 28 de agosto a 7 de setembro.

“Estou muito honrada por ter sido selecionada como a vencedora deste ano do Leão de Ouro pela minha carreira. O Festival de Cinema de Veneza é reconhecido há muito tempo como um dos festivais internacionais de cinema mais prestigiados do mundo. Agradeço à Biennale por este reconhecimento do meu trabalho e estou ansiosa para estar naquela bela cidade em setembro para esta ocasião muito especial”, disse Andrews.

Sobre a atriz , Alberto Barbera, diretor do festival, observou: “Desde muito jovem, Andrews ficou conhecida nos salões de música de Londres e, mais tarde, na Broadway, graças ao seu notável talento para cantar e atuar. O seu primeiro filme em Hollywood, “Mary Poppins” deu-lhe o estatuto de estrela de primeira linha, que mais tarde foi confirmado em “Música no Coração”. Esses dois papéis projetaram a atriz no Olimpo do estrelato internacional, fazendo dela uma figura icónica adorada por várias gerações de espectadores”.

Julie Andrews no filme “Música no Coração”

O diretor ainda acrescentou: “Acima e além das diferentes interpretações que podem ser dadas a seus dois filmes mais famosos (e destacando o valor transgressivo das suas personagens, em vez do seu aparente conservadorismo), deve ser lembrado que Andrews saiu do seu caminho para evitar permanecer confinada como um ícone de filmes familiares. Ela aceitou papéis que eram diversos, dramáticos, provocativos e imbuídos de ironia contundente. Por exemplo, ‘The Americanization Of Emily de Arthur Hiller’, e os muitos filmes dirigidos por seu marido Blake Edwards, com quem formou uma parceria artística muito profunda e duradoura, um exemplo maravilhoso de devoção humana e profissional a um projeto estético cativante que prevaleceu sobre o sucesso comercial dos filmes individuais. Este Leão de Ouro é o bem merecido reconhecimento de uma carreira extraordinária que admira o sucesso popular com ambição artística, sem nunca se curvar a compromissos fáceis”.

Recorde-se que Andrews venceu o Óscar de Melhor Atriz por “Mary Poppins”, filme de estreia no grande ecrã, depois de se ter iniciado como atriz em séries e filmes televisivos. Foi nomeada mais duas vezes ao maior prémio mundial da área da interpretação por “Música no Coração” e “Victor/Victoria”. Recentemente deu voz a Karathen, uma das personagens de “Aquaman”.

Artigos relacionados