Kari Skogland substitui Patty Jenkins na realização de “Cleopatra”

Kari Skogland vai dirigir o filme Cleopatra

Depois do sucesso com “Mulher Maravilha” e com a sequela “Mulher Maravilha 1984“, a anunciada nova parceria entre Patty Jenkins e Gal Gadot vai ter de esperar um pouco mais.

Segundo o Deadline, Jenkins renunciou à realização do drama biográfico histórico “Cleopatra“, que terá a atriz israelita no papel de uma das mulheres mais conhecidas da história da humanidade e uma das governantes mais famosas do Egito. Para o seu lugar foi anunciada Kari Skogland, que dirigiu “O Falcão e o Soldado do Inverno”, a recente série Marvel do Disney+.

Jenkins não abandonou totalmente o projeto, pois permanecerá envolvida como produtora enquanto concentra a atenção nos seus próximos dois projetos: “Mulher Maravilha 3”, para a Warner Bros. Pictures, e “Star Wars: Rogue Squadron” para a Disney e a Lucasfilm.

Laeta Kalogridis, autora do argumento de “Alita: Anjo de Combate“, ficou encarregada de escrever o guião deste novo épico, um projeto de grande orçamento da Paramount Pictures.

No grande ecrã, a mítica personagem foi retratada em 1934 por Claudette Colbert, num filme realizado por Cecil B. DeMille, e em 1963 por Elizabeth Taylor, com Joseph L. Mankiewicz atrás das câmaras, um filme com um enorme orçamento que, apesar de vencer quatro dos nove Óscares para os quais foi nomeado, quase levou a então 20th Century Fox à falência.

“Cleopatra” marca o regresso de Skogland à realização cinematográfica depois do thriller “Na Senda dos Condenados”, lançado nos cinemas em 2008.. Desde então tornou-se uma proeminente realizadora de séries televisivas como “The Handmaid’s Tale”, “The Punisher”, “The Walking Dead”, “NOS4A2 “,”House of Cards”, entre outras.

Artigos relacionados