Karyn Kusama será a responsável pelo regresso do Conde Drácula ao cinema

Karyn Kusama vai dirigir novo filme sobre o Conde Drácula

Com o sucesso comercial alcançado com “O Homem Invisível“, a Universal Pictures voltará a contar com os serviços da Blumhouse Productions para fazer regressar ao grande ecrã mais um dos seus icónicos personagens, o Conde Drácula.

Segundo o The Hollywood Reporter, o estúdio contratou Karyn Kusama, responsável pelo recente filme de ação criminal “Destroyer: Ajuste de Contas“, para assumir a realização do projeto que, como é característico na Blumhouse, será produzido com um orçamento reduzido, sendo também mais uma oportunidade de relançar no cinema os clássicos “monstros”.

De acordo com o THR, o guião está a ser escrito por Matt Manfredi e Phil Hay, argumentistas que trabalharam com a realizadora no filme atrás citado e em “The Invitation (2015)”, descrito como uma versão moderna de Drácula cuja ação decorrerá nos tempos atuais.

A história do Conde Drácula, que se tornou no vampiro mais conhecido da literatura através do romance gótico do irlandês Bram Stoke, publicado em 1897, foi a fonte de inspiração de várias séries de televisão e filmes. No grande ecrã, o vampiro tornou-se muito popular com o filme realizado em 1931 por Tod Browning, com Béla Lugosi a protagonista. Em 1992, Gary Oldman interpretou o personagem no filme de Francis Ford Coppola, “Drácula de Bram Stoker”, provavelmente a versão mais mediática no cinema.

Artigos relacionados