Kenneth Branagh vai dirigir filme biográfico sobre a icónica banda Bee Gees

Kenneth Branagh vai dirigir filme sobre os Bee Gees

Anunciado em novembro de 2019, o filme biográfico sobre a icónica banda de pop Bee Gees já tem realizador. Segundo o Deadline, o biopic será dirigido pelo britânico Kenneth Branagh, cineasra responsável por títulos como “Um Crime no Expresso do Oriente” “Artemis Fowl” e da nova versão de “Morte no Nilo“, cuja estreia foi adiada devido à pandemia e que agora está previsto chegar aos cinemas nacionais a 16 de setembro.

Este projeto, ainda sem título oficial, está a ser desenvolvido na Paramount Pictures e será produzido pelo produtor de “Bohemian Rhapsody“, Graham King, através da sua empresa GK Films, junto com a Amblin Partners de Steven Spielberg e a Sister Productions, de Stacey Snider.

Branagh vai poder contar na cinebiografia com todas as clássicas músicas do grupo, um acordo alcançado pelo estúdio quando adquiriu os direitos junto da família Gibb. O guião está ser escrito por Ben Elton e, apesar de não terem sido revlados detalhes, deverá acompanhar a ascensão da banda até ao estrelato, depois de lançarem o álbum “Saturday Night Fever, que serviu como banda sonora do filme “Febre de Sábado à Noite”.

A banda anglo-australiana era composta pelos irmãos Barry, Robin e Maurice Gibb, que fizeram sucesso desde 1966 até ao início da década de 2010. Ao longo da carreira, os Bee Gees venderam mais de 220 milhões de discos, com particular destaque para as canções “Lonely Days”, “How Deep is Your Love”, “Stayin Alive”, “More Than a Woman” e “Night Fever” entre muitos outros êxitos.

Atualmente com 74 anos, Barry é o único que se encontra vivo e exercerá como produtor executivo do filme. Maurice morreu repentinamente em 2003, aos 53 anos, e Robin faleceu em 2012, aos 62 anos.

A banda foi recentemente o tema do excelente documentário “The Bee Gees: How Can You Mend a Broken Heart”, do realizador Frank Marshall, que estreou em dezembro do ano passado na HBO.

Artigos relacionados