Kirsten Dunst vai dirigir a adaptação do romance ‘The Bell Jar’

Kirsten Dunst_The Bell Jar

Depois de ter dirigido duas curtas, Kirsten Dunst vai estrear-se na realização de longas-metragens com a adaptação cinematográfica de ‘A Campânula de Vidro’ (The Bell Jar), um romance da escritora e poetisa norte-americana Sylvia Plath.

O livro semi-autobiográfico foi publicado sob o pseudónimo Victoria Lucas, em 1963, com detalhes do histórico da sua luta contra a depressão, mas com nomes das pessoas e lugares trocados. Esther Greenwood é a protagonista, com uma doença mental bastante semelhante às experiências que Plath teve e com o que pode ter sido um transtorno bipolar ou uma depressão clínica.

Dakota Fanning (The Benefactor) foi a escolhida por Dunst para dar vida à personagem principal Greenwood, uma jovem americana que nos anos 50 vivia em Nova Iorque, altura em que inicia um estágio numa revista de prestígio. Quando regressa a Boston, a sua cidade natal, a sua vida começa a desmoronar-se quando começa a sofrer de problemas mentais.

Dunst é conhecida pelo protagonismo na série televisiva ‘Fargo’ e integrou o elenco de ‘As Duas Faces de Janeiro’ e ‘Midnight Special’.

Artigos relacionados