“Liga da Justiça” poderá dar um prejuízo até 100 milhões de dólares

Ao contrário das previsões iniciais, a Warner Bros. Pictures poderá ter um prejuízo até 100 milhões de dólares com o seu mais recente lançamento, “Liga da Justiça“, a primeira “pancada” da DC Films num filme em conjunto de super-heróis, que não funcionou da forma que todos pensaram.

No fim de semana de abertura nos EUA (17 a 19 de novembro), o blockbuster atingiu em receitas de bilheteira os US$ 96 milhões, muito longe dos 110/120 milhões esperados, sendo a receita mais baixa na estreia de um filme da DC, o que é ainda mais irónico dado que era suposto ser a jóia da coroa de super-heróis da WB. A nível internacional, o filme melhorou, arrecadando US$ 281,5 milhões, mas mesmo assim pode não ser suficiente para garantir que este caro blockbuster seja um sucesso comercial.

E pelas contas feitas pela revista Forbes, “Liga da Justiça” poderá não obter qualquer lucro e pior, poderá o estúdio perder uma quantidade significativa de dinheiro. Os cálculos efetuados pela reputada revista revelam que o custo final do filme rondará os US$ 600 milhões, sendo 300 milhões da produção e refilmagem, 150 milhões em marketing e o restante gasto em globais de entretenimento, taxas, despesas com elenco e produtores, entre outras.

Após a equação, a Forbes fez uma previsão de que o filme poderá receber em receitas domésticas US$ 235 milhões, obtido através da multiplicação dos ganhos no fim de semana de estreia por 2.45 (multiplicador médio para o últimos 4 filmes da franquia) e US$ 400 milhões em receitas internacionais, que daria um total mundial de US$ 635 milhões, dos quais cerca de US$ 545 milhões terminariam na conta bancária da WB. Se for esse o caso, resultaria em pelo menos uma perda de US$ 55 milhões, antes de ter em conta fatores como custos indiretos e o tempo que leva para que o filme obtenha receita de outros canais, sem ser de bilheteira, o que poderia conduzir a um prejuízo total de US$ 100 milhões.

Esta situação coloca os planos das maiores franquia da DC num ponto difícil. As filmagens de “Aquaman”, de James Wan já terminaram e “Shazam!”, de David F. Sandberg! e “Mulher Maravilha 2”, de Patty Jenkins, deverão continuar a avançar conforme o planeado. Porém, existem outros filmes em desenvolvimento que agora correm o risco de ficar pelo caminho, entre os quais, “Esquadrão Suicida 2”, “Batgirl” e “Nightwing”.

Artigos relacionados