Lista completa dos vencedores da 42ª edição dos Prémios César 2017

Foram anunciados ontem, dia 24 de fevereiro, os vencedores dos Prémios César 2017, galardões conhecidos como os “Óscares” franceses, atribuídos pela Academia Francesa de Cinema.

Tão Só o Fim do Mundo‘, de Xavier Dolan e ‘Divines’, de Houda Benyamina, conquistaram três troféus cada um, seguido de ‘Ela‘, de Paul Verhoeven, que só conquistou dois, mas entre eles, o mais desejado da noite, o de Melhor Filme. ‘A Minha Vida de Courgette’ também esteve em destaque ao ser premiada como Melhor Filme de Animação e Melhor Argumento Adaptado. ‘Frantz’, de François Ozon, com 11 nomeações, foi apenas distinguido numa categoria técnica.

Na cerimónia realizada na Salle Pleyel, com apresentação do humorista Jérôme Commandeur, foram concedidos os César de Honra a George Clooney e Jean-Paul Belmondo.

Eis a lista completa dos vencedores e os nomeados da 42ª edição dos César:

MELHOR FILME
VENCEDOR – ‘Ela’
– ‘Divines’
– ‘Frantz’
– ‘Agnus Dei – As Inocentes’
– ‘Ma Loute’
– ‘Um Instante de Amor’
– ‘Victoria’

MELHOR REALIZADOR
VENCEDOR – Xavier Dolan (Tão Só o Fim do Mundo)
– Houda Benyamina (Divines)
– Paul Verhoeven (Ela)
– François Ozon (Frantz)
– Anne Fontaine (Agnus Dei – As Inocentes)
– Bruno Dumont (Ma Loute)
– Nicole Garcia (Um Instante de Amor)

MELHOR ATOR
VENCEDOR – Gaspard Ulliel (Tão Só o Fim do Mundo)
– François Cluzet (Médico de Província)
– Pierre Deladonchamps (Le fils de Jean)
– Nicolas Duvauchelle (Je Ne Suis Pas Un Salaud)
– Fabrice Luchini (Ma Loute)
– Pierre Niney (Frantz)
– Omar Sy (Chocolate)

MELHOR ATRIZ
VENCEDORA – Isabelle Huppert (Ela)
– Judith Chemla (Une vie)
– Marion Cotillard (Um Instante de Amor)
– Virginie Efira (Victoria)
– Marina Foïs (Irréprochable)
– Sidse Babett Knudsen (La Fille de Brest)
– Soko (A Dançarina)

MELHOR ATOR SECUNDÁRIO
VENCEDOR – James Thierrée (Chocolate)
– Gabriel Arcand (Le Fils de Jean)
– Vincent Cassel (Tão Só o Fim do Mundo)
– Vincent Lacoste (Victoria)
– Laurent Lafitte (Ela)
– Melvil Poupaud (Victoria)

MELHOR ATRIZ SECUNDÁRIA
VENCEDORA – Déborah Lukumuena (Divines)
– Nathalie Baye (Tão Só o Fim do Mundo)
– Valeria Bruni Tedeschi (Ma Loute)
– Anne Consigny (Ela)
– Mélanie Thierry (A Dançarina)

MELHOR ATOR REVELAÇÃO
VENCEDOR – Niels Schneider (Diamant Noir)
– Jonas Bloquet (Ela)
– Damien Bonnard (Na Vertical)
– Corentin Fila (Quand On A 17 Ans)
– Kacey Mottet Klein (Quand On A 17 Ans)

MELHOR ATRIZ REVELAÇÃO
VENCEDORA – Oulaya Amamra (Divines)
– Paula Beer (Frantz)
– Lily-Rose Depp (A Dançarina)
– Noémie Merlant (Le Ciel Attendra)
– Raph (Ma Loute)

MELHOR FILME ANIMAÇÃO
VENCEDOR – ‘A Minha Vida de Courgette’
– ‘La Jeune Fille Sans Mains’
– ‘La Tortue Rouge’

MELHOR FILME ESTRANGEIRO
VENCEDOR – ‘Eu, Daniel Blake’, de Ken Loach
– ‘Aquarius’, de Kleber Mendonça Filho
– ‘O Exame’, de Cristian Mungiu
– ‘La Fille Inconnue’, de Jean-Pierre Dardenne e Luc Dardenne
– ‘Tão Só o Fim do Mundo’, de Xavier Dolan
– ‘Manchester By The Sea’, de Kenneth Lonergan
– ‘Toni Erdmann’, de Maren Ade

MELHOR DOCUMENTÁRIO
VENCEDOR – ‘Merci Patron !’
– ‘Dernières Nouvelles Du Cosmos’
– ‘Fogo no Mar’
– ‘Swagger’
– ‘Uma Viagem pelo Cinema Francês’

MELHOR PRIMEIRO FILME
VENCEDOR – ‘Divines’, de Houda Benyamina
– ‘Cigarettes et Chocolat Chaud’, de Sophie Reine
– ‘A Dançarina’, de Stéphanie Di Giusto
– ‘Diamant Noir’, de Arthur Harari
– ‘Rosalie Blum’, de Julien Rappeneau

MELHOR ARGUMENTO ORIGINAL
VENCEDOR – Sólveig Anspach e Jean-Luc Gaget (L’Effet Aquatique)
– Romain Compingt, Houda Benyamina e Malik Rumeau (Divines)
– Sabrina B. Karine, Alice Vial, Pascal Bonitzer e Anne Fontaine (Agnus Dei – As Inocentes)
– Bruno Dumont (Ma Loute)
– Justine Triet (Victoria)

MELHOR ARGUMENTO ADAPTADO
VENCEDOR – Céline Sciamma (A Minha Vida de Courgette)
– David Birke (Ela)
– Séverine Bosschem e Emmanuelle Bercot (La Fille de Brest)
– François Ozon (Frantz)
– Nicole Garcia e Jacques Fieschi (Um Instante de Amor)
– Katell Quillévéré e Gilles Taurand (Réparer Les Vivants)

MELHOR FOTOGRAFIA
VENCEDOR – Pascal Mart (Frantz)
– Stéphane Fontaine (Ela)
– Caroline Champetier (Agnus Dei – As Inocentes)
– Guillaume Deffontaines (Ma Loute)
– Christophe Beaucarne (Um Instante de Amor)

MELHOR MONTAGEM
VENCEDOR – Xavier Dolan (Tão Só o Fim do Mundo)
– Loic Lallemand e Vincent Tricon (Divines)
– Job Ter Burg (Ela)
– Laure Gardette (Frantz)
– Simon Jacquet (Um Instante de Amor)

MELHOR SOM
VENCEDOR – Marc Engels, Fred Demolder, Sylvain Réty e Jean-Paul Hurier (L’Odyssée)
– Brigitte Taillandier, Vincent Guillon e Stéphane Thiébaut (Chocolate)
– Jean-Paul Mugel, Alexis Place, Cyril Holtz e Damien Lazzerini (Ela)
– Martin Boissau, Benoît Gargonne e Jean-Paul Hurier (Frantz)
– Jean-Pierre Duret, Sylvain Malbrant e Jean-Pierre Laforce (Um Instante de Amor)

MELHOR MÚSICA ORIGINAL
VENCEDOR – Ibrahim Maalouf (Dans Les Forêts De Sibérie)
– Gabriel Yared (Chocolate)
– Anne Dudley (Ela)
– Philippe Rombi (Frantz)
– Sophie Hunger (A Minha Vida de Courgette)

MELHOR GUARDA ROUPA
VENCEDOR – Anaïs Romand (A Dançarina)
– Pascaline Chavanne (Frantz)
– Catherine Leterrier (Um Instante de Amor)
– Alexandra Charles (Ma Loute)
– Madeline Fontaine (Une Vie)

MELHOR DIREÇÃO ARTÍSTICA
VENCEDOR – Jérémie D. Lignol (Chocolate)
– Carlos Conti (A Dançarina)
– Michel Barthélémy (Frantz)
– Riton Dupire-Clément (Ma Loute)
– Katia Wyszkop (Planetarium)

MELHOR CURTA-METRAGEM (ex aequo)
VENCEDOR – ‘Maman(s)’
VENCEDOR – ‘Vers La Tendresse’
– ‘Après Suzanne’
– ‘Au Bruit des Clochettes’
– ‘Chasse Royale’

MELHOR CURTA-METRAGEM ANIMAÇÃO
VENCEDOR – ‘Celui Qui A Deux Âmes’
– ‘Café Froid’
– ‘Journal Animé’
– ‘Peripheria’

Artigos relacionados