“Lola Montez: A História de uma Amante”: RTP2 estreia docudrama sobre a primeira pop star feminina

RTP2 estreia o docudrama Lola Montez: A História de uma Amante

Nesta quarta-feira, 15 de dezembro, às 22:55h, a RTP2 estreia o filme “Lola Montez: A História de uma Amante“, um docudrama alemão de 52 minutos realizado por Wolf von Truchsess, sobre a vida de Lola Montez (1821-1861), uma bailarina e atriz nascida na Irlanda que se tornou célebre como bailarina exótica, cortesã e amante de Luís I da Baviera, tornando-se na primeira pop star feminina.

Lola Montez, interpretada pela atriz Theresa Tripp, foi uma lutadora pelos direitos das mulheres, pela individualidade e aceitação do poder feminino no século XIX, uma época que não tinha espaço para mulheres livres e independentes, tendo sido descrita no livro escrito por Bruce Seymour como “uma mulher muito à frente de seu tempo, que mostrou que a vida pode ser vivida sem se conformar com regras.”

Montez, cujo verdadeiro nome era Eliza Rosanna Gilbert, também era conhecida como Grafin Marie von Landsberg ou apenas Elisabeth Gilbert. Ela tinha muitos nomes, mas afinal o que a tornava tão especial e atraente para praticamente todos os homens do seu tempo?

Ela foi a primeira pop star feminina e o seu estilo de vida era tão escandaloso que era uma ameaça a todas as regras e regulamentos da conservadora sociedade Biedermeier. Sozinha começou uma revolução no estado livre da Baviera e foi a causa da abdicação do trono do rei Luís I que a fez Condessa de Landsfeld.

Artigos relacionados