“Luz Natural”: Um retrato lancinante da vida militar em tempo de guerra

Depois de algumas curtas e dois documentário, o cineasta húngaro Dénes Nagy estreou-se em longas-metragens de ficção com o drama de guerra “Luz Natural“, em que faz um retrato lancinante da vida militar em tempo de guerra.

Vencedor do Urso de Prata de Melhor Realizador no Festival de Berlim, “Luz Natural” é protagonizado por Ferenc Szabó e vai chegar aos cinemas portugueses na próxima quinta-feira, 15 de setembro, com distribuição da Alambique Filmes.

A história está ambientada na Segunda Guerra Mundial, numa União Soviética ocupada. István Semetka (Szabó), um simples camponês húngaro, é cabo numa unidade especial que procura grupos de resistentes. A caminho de uma aldeia isolada, a companhia é atacada por fogo inimigo. Por morte do comandante, Semetka tem de superar os seus medos e assumir o comando da unidade, vendo-se arrastado para um caos que não consegue controlar.

A partir de uma adaptação de “Természetes Fény”, o romance do aclamado autor húngaro Pál Závada, publicado em 2014, o filme devastador de Nagy segue uma rica linhagem de dramas escritos por autores de Leste sobre a Segunda Guerra Mundial, que vão de “Childhood” de Ivan Tarkovsky a “Come and See” de Elem Klimov, passando por “O Filho de Saul” de László Nemes.

“Como lutas numa guerra em que o inimigo é o teu vizinho? Para o cabo István Semetka (Ferenc Szabó), a Segunda Guerra Mundial é menos um conflito global do que uma série de pequenas escaramuças com bolsas de resistentes nas profundezas do vasto e arborizado interior da Hungria. Eliminar o inimigo revela-se uma tarefa árdua, com soldados a saquear aldeias rurais na esperança de encontrar comunistas ou simpatizantes anti-nazis. Semetka permanece indiferente às pequenas infracções dos aldeões e recusa-se a participar nos actos de crueldade a que muitos dos seus companheiros se entregam. Mas quando uma alteração na cadeia de comando leva Semetka a ter de assumir o comando, este vê-se a braços com mais responsabilidades e passa a ter nas mãos o destino da população local”, lê-se na descrição oficial do filme.

“Luz Natural”, o fortíssimo filme de estreia de Dénes Nagy, não é apenas um filme de guerra. Encharcado numa luz lívida e húmida que faz com que os rostos pareçam pintados em lama, o filme fala de uma descida ao desconhecido por homens que enfrentam constantes dilemas morais. O que se deve fazer para sobreviver?

Assista ao trailer legendado e não perca a estreia deste filme num cinema perto de si.

Quer ficar a par de todas as novidades de cinema e televisão? Siga-nos nas redes sociais e não se esqueça de deixar um “like”!

Estamos no Facebook, Instagram, Twitter e no Google Notícias. Pode ainda assistir aos trailers legendados no Youtube.

Artigos relacionados