“Mal Viver”: Filme de João Canijo é o candidato português aos Óscares

Mal Viver“, de João Canijo, foi escolhido pelos membros da Academia Portuguesa de Cinema como representante de Portugal a uma nomeação ao Óscar de Melhor Filme Internacional da 96ª edição dos Óscares.

O filme foi o mais votado de uma shortlist de quatro filmes, que incluía outro filme de Canijo, “Viver Mal“, e ainda “Légua“, de Filipa Reis e João Miller Guerra, e “Nayola“, uma animação de José Miguel Ribeiro.

“Mal Viver”, que venceu o Urso de Prata da 73.º Festival de Cinema de Berlim, vai ter a oportunidade de fazer história do cinema nacional na categoria a que concorre, e tornar-se o primeiro filme nacional a conseguir uma nomeação, uma proeza que nenhum conseguiu nas anteriores 39 submissões.

VEJA A LISTA DOS FILMES JÁ SUBMETIDOS AO ÓSCAR DE MELHOR FILME INTERNACIONAL 2024

O filme, que conta no elenco com Anabela Moreira, Rita Blanco, Leonor Silveira, Cleia Almeida, Beatriz Batarda e Nuno Lopes, passa-se num hotel familiar junto à costa norte de Portugal, onde vivem várias mulheres da mesma família de gerações diferentes. Numa relação envenenada pela amargura tentam sobreviver no hotel em decadência. A chegada inesperada de uma neta a este espaço claustrofóbico provoca perturbação e o avivar de ódios latentes e rancores acumulados.

Filme “Mal Viver”

Os filmes submetidos vão ser sujeitos a uma pré-seleção para escolher os 15 títulos que avançam para fase seguinte, que serão revelados a 21 de dezembro. Destes sairão os cinco nomeados ao Óscar de Melhor Filme Internacional que serão conhecidos, juntamente com as outras categorias, a 23 de janeiro de 2024.

O vencedor da estatueta dourada será anunciado na 96ª edição dos Óscares que se realiza no dia 10 de março de 2024, no Teatro Dolby, em Los Angeles, Califórnia.

Quer ficar a par de todas as novidades de cinema e televisão? Siga-nos nas redes sociais e não se esqueça de deixar um “like”!

Estamos no Facebook, Instagram, Twitter e no Google Notícias. Pode ainda assistir aos trailers legendados no Youtube.

Artigos relacionados