“Mandíbulas”: Comédia de fantasia de Quentin Dupieux estreia em setembro

Estreia do filme Mandíbulas

Com o seu estilo invulgar e humor excêntrico, o último trabalho do realizador francês Quentin Dupieux é a comédia de fantasia “Mandíbulas” (Mandibules), um filme protagonizado pela dupla de comediantes David Marsais e Grégoire Ludig, e ainda por uma gigantesca mosca.

A história acompanha Manu (Ludig) e Jean-Gab (Marsais), dois amigos falidos na casa dos trinta que perambulam sem rumo pela Riviera Francesa e prontos para fazer qualquer coisa para ganhar dinheiro. São então contratados por um homem chamado Michel Michel (Philippe Dusseau) para recolher e entregar uma mala a alguém, e para a missão a dupla rouba um velho Mercedes.

Mal desaparecem, descobrem uma mosca gigante presa no porta-malas do carro. Jean-Gab tem então uma ideia brilhante: treiná-la para ganhar dinheiro com ela. Conforme a história se desenrola, esses dois anti-heróis conhecerão personagens especiais, como Agnès, interpretada por Adèle Exarchopoulos, que tem um problema de fala desde que sofreu um acidente, e esconder de todos a presença da mosca gigante, muito longe dos efeitos especiais de Hollywood, mas suficientes para o género de filme.

Para o realizador, o filme é acima de tudo uma sincera comédia sobre a amizade, no primeiro grau e no presente, mas também, um filme sensacional e um improvável cruzamento entre o fantástico “E.T. – O Extra-Terrestre” e os cretinos do filme “Doidos à Solta”.

“Mandíbulas” fez a estreia mundial no Festival de Veneza 2020. Nos cinemas portugueses vai estar disponível a partir de 16 de setembro. Assista ao trailer legendado:

Artigos relacionados