“Manga d’Terra “: A jornada de uma artista cabo-verdiana imigrante no Bairro da Reboleira

Depois de uma fulgurante passagem pelo Festival de Locarno e de ter sido exibido pela primeira vez em Portugal na competição nacional de longas-metragens do IndieLisboa 2024, o filme “Manga D ‘Terra“, do realizador suíço com origem portuguesa Basil da Cunha, vai estrear nos cinemas portugueses no dia 6 de junho.

Distribuído pela Nitrato Filmes, este filme musical nasceu da vontade de (re) apresentar o Bairro da Reboleira ao mundo e de mostrar a importância da música na comunidade, além de fazer um tributo às mulheres e à cultura de Cabo Verde.

O filme narra a jornada pessoal da cantora Eliana Rosa, uma artista cabo-verdiana imigrante em Portugal, que além do papel protagonista também é a cantora da banda sonora composta pelo coletivo Acácia Maior. O elenco conta ainda com Nunha Gomes, Lucinda Brito, Evandro Pereira, Gonçalo Ramalho e Vera Semedo.

No filme seguimos Rosa, uma mulher de 20 anos, que deixa os dois filhos em Cabo Verde para se instalar em Lisboa, na esperança de lhes oferecer uma vida melhor. Lá, ela trabalha para Nunha, uma figura central do bairro que gere um pequeno café, onde os habitantes passam os seus dias. Presa entre o assédio de gangsters e a violência policial quotidiana, Rosa tenta encontrar consolo no seio das mulheres da comunidade. Mas o seu verdadeiro refúgio é a música.

Assista ao trailer:

Quer ficar a par de todas as novidades de cinema e televisão? Siga-nos nas redes sociais e não se esqueça de deixar um “like”!

Estamos no Facebook, Instagram, Twitter e no Google Notícias. Pode ainda assistir aos trailers legendados no Youtube.

Artigos relacionados

Contribua com a sua opinião!

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *