Margot Robbie vai produzir e protagonizar a adaptação de “Dangerous Odds”

Após ter conseguido financiamento por parte da Bold Films, a LuckyChap Entertainment, companhia de Margot Robbie, já está em condições para iniciar o desenvolvimento de “Dangerous Odds”, uma adaptação do livro de memórias de Marisa Lankester, com o título “Dangerous Odds: My Secret Life Inside an Illegal Billion-Dollar Sports Betting Operation”.

A produção faz parte do recente acordo da LuckyChap com a Warner Bros. Pictures, que adquiriu os direitos de adaptação em 2015. Além de a produzir, Robbie assumirá o protagonismo e dará vida a Lankester, uma mulher que criou um complexo sistema de apostas desportivas ilegais.

O guião será da responsabilidade de Andrea Berloff, argumentista que escreveu recentemente o thriller de ação do realizador suiço Baran bo Odar, “Nos Limites da Lei” e que está a trabalhar em “The Legend of Conan”, filme que será protagonizado por Arnold Schwarzenegger.

A história de “Dangerous Odds” está ambientada nos anos 80, quando Lankester começou a ganhar influência nos meios desportivos e assumiu um papel fundamental ao criar o primeiro sistema de apostas desportivas ilegais, crescendo num império criminal de biliões de dólares por ano.

“É um grande personagem. É uma Scarface feminina no auge desta grande operação criminal sob a liderança de uma mulher muito experiente. Margot Robbie é uma atriz extraordinária. Ela é tão versátil e enérgica com comédia, drama e ação, uma condição rara”, disse um dos CEO da Bold Films.

Depois do sucesso interpretativo em “Eu, Tonya”, que lhe valeu uma nomeação ao Óscar de Melhor Atriz, Robbie está anunciada para vários projetos, incluindo a sequela de “Esquadrão Suicida“, onde repetirá novamente Harley Quinn.

Artigos relacionados