“Meg: Tubarão Gigante”: Sequela será dirigida por Ben Wheatley

Ben Wheatley vai dirigir sequela de Meg - TubarÃo Gigante

Lançado nos cinemas em 2018, “Meg: Tubarão Gigante“, realizado por Jon Turteltaub, foi um dos grandes êxitos de bilheteira da Warner Bros. Pictures, com arrecadações mundiais a rondar os 530 milhões de dólares, o que levou o estúdio, pouco tempo depois, a anunciar os seus planos para uma sequela.

E as novidades sobre o projeto chegaram agora. Através do The Hollywood Reporter ficamos a saber que a realização foi entregue a Ben Wheatley, realizador de “Arranha-Céus” e do recente “Rebecca”, da Netflix, e que está anunciado para dirigir a sequela do reboot de 2018 de “Tomb Raider“.

O novo filme, para já conhecido como “The Meg: The Trench“, uma referência ao título do segundo dos oito livros best-sellers de Steve Alten, será novamente produzido por Lorenzo di Bonaventura e Belle Avery, e contará com um guião assinado pela mesma equipa de argumentistas: Dean Georgaris, Jon Hoeber e Erich Hoeber.

É de esperar que a estrela de ação Jason Statham volte ao papel de protagonista, bem como Ruby Rose, Li Bingbing e Rainn Wilson que o acompanharam no elenco do primeiro filme, centrado num grupo de observação submarina que ao largo da costa da China descobriu e é atacado por um tubarão branco gigantesco pré-histórico considerado extinto há cerca de 2 milhões de anos. Para enfrentar o seu passado, Jonas Taylor (Statham) o experiente mergulhador de resgate em alto mar, regressa ao local onde sobreviveu a um acidente para salvar a tripulação e o próprio oceano do temível Carcharodon Megalodon, o maior predador de todos os tempos.

Se não chegou a ver “Meg: Tubarão Gigante”, assista ao trailer legendado em português.

Artigos relacionados