“Metro 2033”: Romance de ficção científica russo vai ser adaptado ao cinema

Metro 2033 vai ser adaptado ao cinema

Depois de ter sido adaptado num videojogo, o romance de culto de ficção científica “Metro 2033”, do escritor russo Dmitry Glukhovsky, vai ser agora adaptada ao grande ecrã. Segundo a Variety, a empresa russa TNT-Premier Studios Company, a TV-3 Channel e a Central Partnership Film Company, todas parte da Gazprom Media, uniram-se para produzir uma longa-metragem.

Publicado em 2005, o enredo do livro está ambientado numa Rússia pós-apocalíptica após uma catástrofe nuclear. Os poucos que conseguiram sobreviver encontraram refúgio nas antigas linhas de metro de Moscovo. Com o passar do tempo, foram criadas pequenas nações no sistema de túneis da rede de metro. O protagonista é Artyom, um jovem russo, que tem como missão salvar a estação onde nasceu e todas as pessoas que lá vivem.

“Metro 2033 é o meu primeiro romance. Ele desempenhou um papel muito especial na minha vida e, apesar de receber inúmeras ofertas [para adaptá-lo ao cinema], recusei todas elas durante mais de 10 anos. Na Rússia, não vi nenhum produtor que pudesse fazer uma boa adaptação cinematográfica deste livro. Apenas parecia impossível. Mas agora finalmente conheci uma equipa em que posso confiar. As nossas ambições mostraram-se similares: criar um blockbuster de classe mundial e atordoar até mesmo aqueles que leram a trilogia e a conhecem de cor. Para não desapontá-los, estou pronto para me tornar um produtor criativo do filme e ajudar a criá-lo com os meus conselhos e ações”, disse Glukhovsky.

Em relação à produção cinematográfica, os produtores disseram que este trabalho é de difícil adaptação, mas não têm dúvida que será um grande sucesso nas bilheteiras.

O universo pós-apocalíptico inclui a trilogia original de Glukhovsky – “Metro 2033”, “Metro 2034” e “Metro 2035” – mais de 100 romances escritos para os fãs de todo o mundo, além de vários videojogos para PС, Xbox e PlayStation, que se tornaram sucessos mundiais.

As filmagens devem começar no próximo ano, com vista a estrear nos cinemas russos a 1 de janeiro de 2022.

Artigos relacionados

Contribua com a sua opinião!

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *